0 comentários

Gama Porsche 911 equipada com novos motores sobrealimentados

por em 7 Outubro, 2015
 

A Porsche acaba assim por renovar toda a gama 911 (excepto as versões radicais GTS, Turbo, GT3 e GT3 RS) com a chegada do 911 991 II. Esta renovação, além de ligeiras alterações estéticas que servem para tornar o 911 cada vez mais eficaz aerodinâmicamente (como a introdução das entradas de ar dianteiras dinâmicas), novas ópticas dianteiras com luzes LED diurnas com quatro pontos (só nas versões de tracção dianteira), novas pegas das portas, capot traseiro redesenhado com grelha vertical e novos farolins traseiros, mantendo-se presente a faixa de luz entre as ópticas traseiras nas versões com tracção às quatro rodas.

Para melhorar o comportamento dinâmico (como se o 911 precisasse), a Porsche introduziu o PASM (Porsche Active Suspension Management) de série em todos os modelos Carrera, permitindo este reduzir a altura da carroçaria em 10 milímetros, permitindo assim aumentar a estabilidade nas curvas a velocidades elevadas, sem prejudicar o conforto a bordo. Se optar por um modelo da gama S, a Porsche acrescentou à lista de opcionais o eixo traseiro direccional activo.

No interior destaca-se a implementação do novo sistema de infoentretenimento PCM (Porsche Communication Management) com sistema de navegação online e controlo por voz. Este sistema poderá assim ser operado através do ecrã táctil de 7 polegadas, como se estivesse a usar um tablet de última geração, sendo possível mesmo introduzir acções através de escrita à mão. Graças à integração de Wi-Fi, poderá emparelhar o seu Smartphone usando esta ligação, mas se tiver um iPhone da Apple, saiba que poderá usar a ligação disponível para aceder ao Apple CarPlay, transformando assim o ecrã táctil do PCM numa espécie de iPad, com acesso rápido às aplicações mais utilizadas.

Em termos de sistemas de assistência opcionais, a gama 911 poderá receber um sistema automático de controlo de velocidade que permite travar moderadamente quanto a velocidade seleccionada é excedida (numa descida, por exemplo), o Cruise Control Adaptativo ACC, que dispõe de função “velejar” quando conjugado com a caixa PDK para desengrenar o motor para poupar combustível quando não é necessária a intervenção do motor, Assistente de Mudança de Faixa e sistema de travagem pós-colisão, para evitar que, após um embate, o seu Porsche 911 fique “desamparado”, evitando assim novos embates.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas deixemo-nos de coisas más e falemos das novidades que todos aguardávamos, as alterações às motorizações. Com mais de 40 anos dedicados ao desenvolvimento de motorizações sobrealimentadas (com o histórico 911 Turbo), a Porsche alargou para a restante gama a utilização da sobrealimentação (com dois turbos), permitindo assim aumentar o desempenho ao mesmo tempo que se reduz os consumos em 12 por cento, o que equivale uma redução de um litro por cada 100km. Para tal, o modelo de entrada passa agora a usar um seis cilindros opostos com três litros de cilindrada e dois turbos, o que lhe garante 370cv de potência e 450Nm de binário, estando a versão 911 Carrera S equipada com o mesmo bloco, porém com 420cv e 500Nm, o que corresponde a um aumento de 20cv e 60Nm face aos modelos pré-renovação, respectivamente.

Estas mudanças são válidas igualmente para as versões com tracção às quatro rodas 911 Carrera 4 e 911 Carrera 4S, que graças ao sistema de controlo electro-hidráulico, torna possível, pela primeira vez, registar melhores valores de aceleração do que as versões de tracção traseira. Quando equipados com a opcional caixa PDK e o pacote Sport Chrono, o 911 Carrera 4 apenas precisa de 4,1 segundos para atingir os 100km/h, menos 0,1s que a versão de tracção traseira. O mesmo ocorre para o 911 Carrera 4S, que apenas precisa de 3,8 segundos, face aos 3,9 da versão 911 Carrera S. Já nas versões Cabriolet S e 911 Targa 4, os valores foram igualmente melhorados, embora o peso adicional da carroçaria implique um aumento de 0,2 segundos face às versões coupé equivalentes.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em termos de consumos, os valores reduziram significativamente, estando a Porsche a anunciar (valores com caixa PDK) consumos combinados que começam nos 7.4l/100km (172g/km de CO2) para o 911 Carrera e que terminam nos 8.0l/100km para as versões 911 Carrera 4S Cabrio e Targa 4S. Em termos de disponibilidade, as versões 911 Carrera, Carrera S, Carrera Cabriolet e Carrera S Cabriolet chegará a Portugal em Dezembro, estando as versões com tracção às quatro rodas (911 Carrera 4, Carrera 4S, Carrera 4 Cabrio, Carrera 4S Cabrio, Targa 4 e Targa 4S) previstas para chegarem um mês depois.

Modelo Potência Consumos l/100km (com PDK) Emissões CO2 g/km (com PDK) Preço (com PDK)
911 Carrera 370 cv 7,4 169 €117.081
911 Carrera 4 370 cv 7,7 177 €119.502
911 Carrera Cabriolet 370 cv 7,5 172 €131.298
911 Carrera 4 Cabriolet 370 cv 7,9 182 €133.999
911 Targa 4 370 cv 7,9 182 €133.150
911 Carrera S 420 cv 7,7 174 €135.176
911 Carrera 4S 420 cv 7,9 180 €147.225
911 Carrera S Cabriolet 420 cv 7,8 178 €149.558
911 Carrera 4S Cabriolet 420 cv 8,0 184 €133.999
911 Targa 4S 420 cv 8,0 184 €149.558