0 comentários

Novo Honda HR-V já disponível em Portugal, a partir de 23.000 euros

por em 6 Outubro, 2015
 

A região de Lisboa foi novamente palco de mais uma apresentação internacional, desta vez a segunda geração do Honda HR-V. Este modelo, que foi o responsável pela criação do segmento de crossovers aquando o seu lançamento em 1999, pretende agora recuperar mercado perdido para rivais como o Nissan Qashqai, Mitsubishi ASX e Mazda CX-3, tendo em conta as semelhanças em termos de dimensões, motorizações disponíveis e preço.

Com mais de 5100 unidades vendidas em Portugal desde o seu lançamento, a primeira geração foi um sucesso, tendo sido entregues mais de 110 mil unidades em toda a Europa, razão pelo qual a Honda Portugal está expectante com o sucesso comercial deste modelo.
Para a criação deste modelo, os responsáveis da Honda optaram pela utilização de linhas elegantes e fluídas de um coupé harmoniosamente alinhadas com a versatilidade e robustez de um SUV.

Honda HR-V_02

Também a qualidade de construção e a atenção aos detalhes foi fortemente reforçada, sendo o novo HR-V um modelo aerodinamicamente muito eficiente e mais confortável, graças à aplicação de um fundo plano, bem como ao reforço de materiais de isolamento acústico em locais chave, como na secção traseira, nas cavas das rodas e na firewall (entre motor e habitáculo).

Para garantir que o comportamento não sei prejudicado pelo reforço no isolamento acústico, o chassis foi reforçado com a aplicação de aço de alta resistência em 27% da estrutura, o que permitiu aumentar a rigidez ao mesmo tempo que reduziu o peso total, o que contribuiu para um comportamento invulgar para um veículo deste género.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Internamente destaca-se o posicionamento elevado da consola central, bem como a disposição de todos os comandos direccionados para o condutor. É na consola central que encontrará a manete da caixa de velocidades, de curso curto (como num desportivo), botão do sistema de travão traseiro, estando a consola central equipada com um sistema de climatização com botões tácteis e o novo ecrã táctil de 7 polegadas para o sistema de infoentretenimento Honda Connect, que utiliza como base um sistema operativo Android.

Não poderia deixar de falar no interior sem referir a grande versatilidade da actual gama de modelos da Honda, ao qual o HR-V não escapa. Devido à aplicação do tanque de combustível numa posição mais central (debaixo dos bancos dianteiros), foi possível aplicar os famosos Bancos Mágicos, para um maior aproveitamento do espaço interior.

É graças a esta solução que a bagageira do novo HR-V possui 470 litros de capacidade, que podem ser ampliados para 1533 litros com os bancos totalmente rebatidos, sendo possível ainda, graças aos Bancos Mágicos, criar soluções que permitem transportar objectos de grandes dimensões, como uma prancha de Surf.

Em termos de motorizações, o novo HR-V vem equipado com duas motorizações distintas, o novo 1.5 i-VTEC a gasolina e o já conhecido 1.6 i-DTEC a gasóleo. Se o primeiro surpreende no papel, pelos 130 cv de potência declarados, na realidade é o modelo a gasóleo que permitiu explorar melhor as capacidades deste modelo, graças à maior disponibilidade do motor. Porém, o bloco i-VTEC consegue, para quem não pretende seguir os passos de Senna ao volante de um NSX, oferecer um andamento calmo e económico (com o computador de bordo a registar médias na casa dos seis litros), podendo ainda ser associada a uma caixa CVT (Caixa de Variação Contínua), que segundo a marca, permitirá melhorar ainda mais os consumos deste conjunto.

Em termos tecnológicos, o novo Honda HR-V vem equipado com todas as soluções que a marca já oferece em outros modelos, como o Sistema de Travagem Activa em Cidade para evitar acidentes a baixa velocidade (até 32km/h), e a combinação de sistemas, apelidado de Honda Advanced Driver Assist System, que reúne soluções como Sistema de Reconhecimento de Sinalização de Trânsito, Avisador de Saída da Faixa de Rodagem, Avisador de Colisão à Frente, Sistema de Assistência de Máximos e Limitador Inteligente da Velocidade, que utiliza o sistema de leitura dos sinais de trânsito para ajustar o limite de velocidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Já disponível em todos os concessionários da rede Honda, o novo HR-V está disponível em três níveis de equipamento, Comfort, Elegance e Executive, sendo que a versão Elegance oferece AC de Dupla Zona, Sensor de Chuva, Sensor de Estacionamento e Honda Connect como destaque face à versão Comfort, e o nível Executive adiciona jantes de 17 polegadas, vidros fumados, tecto panorâmico com abertura eléctrica, ópticas LED, estofos parcialmente em pele, arranque inteligente sem chave e Honda Connect NAVI, com navegação integrada.

Disponível com uma garantia de 5 anos sem limite de quilómetros, o Honda HR-V está disponível a partir dos 23.000 euros para a versão 1.5 i-VTEC Comfort, 24.700 euros para a versão Elegance e 27.800 euros para o Executive, sendo possível optar pela transmissão CVT por mais 1.300 euros. Se preferir a versão com o 1.6 i-DTEC, este começa nos 26.000 euros, 27.700 euros para a Elegance e 30.800 para o topo de gama Executive, estando este disponível somente com a caixa manual de seis velocidades.