1Comente

Conheça o controverso plano de Intervenção da 2ª Circular da CML

por em 6 Janeiro, 2016
 

A CML (Câmara Municipal de Lisboa) colocou, em consulta pública, o projecto de intervenção da segunda circular, que pretende transformar a actual via numa Via Estruturante Urbana da cidade, permitindo assim reduzir a sinistralidade daquele que é a rodovia de Lisboa mais mortífera, melhorar a fluidez com a redução do número de acessos e saídas, e melhorar a sustentabilidade ambiental, reduzindo não só as emissões de CO2 como o ruído gerado pela via.

Este projecto, caso siga em frente, irá demorar 11 meses e terá um custo global estimado em 9,75 milhões de euros. Porém, nem toda a gente está a favor deste projecto, sendo o Presidente do ACP (Automóvel Clube de Portugal), Carlos Barbosa, indicado que a ideia é “louca”, “surrealista”, “faraónica” e que irá para tribunal caso o projecto da CML avance conforme está projectado.

O documento, cujo qual está em discussão pública na página oficial da CML (consulte em detalhe o projecto), prevê a redução da velocidade máxima na 2ª Circular dos 80 para 60km/h, arborização do separador central com diminuição da largura das vias e eliminação de alguns nós de acesso à via, transferindo assim o trânsito que circula actualmente no local para o Eixo Norte-Sul e para a CRIL.