0 comentários

Novo Renault Mégane, de Lisboa para o Mundo

por em 5 Abril, 2016
 

A Região de Lisboa foi novamente palco de mais uma apresentação internacional, desta vez da Renault, com a chegada da quarta geração do Mégane. Este modelo, que tem uma importância histórica para o fabricante francês, terá a árdua tarefa de dar continuidade ao sucesso registado pelas anteriores gerações, que conseguiram a proeza de serem o modelo mais vendido em Portugal nos anos de 2009, 2010, 2011 e 2012, tendo sido o carro mais vendido do Segmento C em 2013, o segundo modelo mais vendido em 2014 e o sétimo em 2015, tendo conseguido manter-se no Top 3 do Segmento C, numa altura em se encontrava em fim de vida.

Com o objectivo de voltar a ser o automóvel mais vendido em Portugal, segundo as palavras de Ricardo Oliveira, Director de Comunicação da Renault Portugal, a aposta neste novo modelo foi imensa, desde logo pelo recurso à plataforma modular CMF C/D, a mesma dos Renault Talisman e Espace, que permitem ao Mégane estrear um conjunto de soluções tecnológicas inovadoras no segmento.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esta plataforma tem ainda a particularidade de oferecer mais espaço para todos os ocupantes, graças ao aumento do comprimento em 64mm, pela maior distância entre os eixos em 28mm e pela aplicação de vias mais largas, 47mm à frente e 39mm atrás. Terá, à semelhança da Espace e do Talisman, a particularidade de oferecer o sistema 4CONTROL (sistema de quatro rodas direcionais), que estará associado às versões Mégane GT, permitindo assim, abaixo dos 80km/h em modo Sport, ou 60km/h nos restantes modos, que as rodas traseiras virem no sentido inverso aos das rodas dianteiras, facilitando assim as manobras, ou que as mesmas virem para o mesmo sentido que as rodas dianteiras a velocidades superiores, permitindo assim uma condução mais dinâmica e segura em estradas com curvas e contracurvas.

Visualmente o novo Mégane não esconde o visual inspirado nos mais recentes modelos da marca, com uma frente muito marcante, em parte devido à forte assinatura luminosa, com a implementação de um guia de luz LED em forma de C associado ás ópticas dianteiras, que poderão ser Full LED (tecnologia LED Pure Vision) nas versões superiores. Também a secção traseira recebe uma assinatura luminosa horizontal com grande personalidade, uma vez que se encontra presente um guia de luz que cobre quase toda a traseira, sendo as ópticas traseiras totalmente em LED para todas as versões.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esta assinatura visual encontra-se igualmente presente no interior, podendo o ambiente do habitáculo ser personalizado graças à tecnologia Multi-Sense, que oferece cinco ambientes de luz distintos associados aos cinco modos de condução existentes. Igualmente presente neste modelo, tal como nos mais recentes lançamentos da marca, está o sistema de infoentretenimento R Link 2, composto por um ecrã táctil que poderá ter 7 polegadas horizontal ou 8,7 polegadas vertical, dependendo do nível de equipamento do veículo. Através deste poderá controlar todos os parâmetros da viatura, inclusive o sistema de infoentretenimento, navegação, ajudas de condução e climatização, sendo toda a interface extremamente simples e intuitiva de usar.

Este sistema poderá ser associado ao novo painel de instrumentos com ecrã LCD de 7 polegadas, também ele personalizável de acordo com o modo de condução, e sistema de Head-Up Display a cores, para que possa receber instruções do sistema de navegação sem precisar de desviar os olhos da estrada. Destaque ainda para os excelentes acabamentos e qualidade dos materiais usados, um salto qualitativo face à anterior geração, e pelos agradáveis bancos dianteiros, mais ergonómicos e confortáveis.

Renault Mégane_07

Em termos de equipamentos, o novo Mégane poderá vir equipado de todas as soluções existentes nos diversos modelos do Grupo Renault, como os já referidos sistemas 4Control, R Link 2, sistema Multi-Sense, bem como dos diversos sistemas de ajuda à condução, como o regulador de velocidade adaptativo (ACC), sistema de travagem activa de emergência (AEBS), alerta de transposição de via (LDW), alerta de distância de segurança (DW), alerta de excesso de velocidade com reconhecimento de sinais de trânsito (OSP com TSR), aviso de ângulo morto (BSW), comutação automática dos máximos/médios (AHL) e sistema de estacionamento em mãos-livres (Easy Park Assist), que permite realizar operações de estacionamento em três posições diferentes (paralelo, espinha e perpendicular) de forma automática, bastando o condutor controlar a travagem e aceleração durante as manobras.

Em termos de motorização, o novo Mégane virá equipado com motorizações a gasolina e diesel, começando a gama no Energy TCe 100 de 100cv e 175Nm de binário. A família de motores a gasolina será igualmente composta pelos novos Enercy TCe de 130cv, com caixa manual de seis velocidades ou de dupla embraiagem EDC de sete velocidades, Energy TCe 205 EDC de 205cv e 280Nm, disponível em exclusivo na versão GT.

Para os adeptos do gasóleo, o novo Mégane virá equipado com o bloco 1.5 Energy dCi de 90cv e 220Nm de binário, 1.5 Energy dCi de 110cv e 260Nm de binário ou 1.6 Energy dCi de 130cv e 320Nm de binário. Para a versão GT, o Mégane terá a versão 1.6 Energy dCi com 165cv e 380Nm de binário, associado em exclusivo à caixa de dupla embraiagem EDC de 6 velocidades.

Renault Mégane_06

Conforme já foi referido, o novo Mégane tem disponível uma versão GT, que se diferencia das demais pela personalização dada pela Renault Sport, que vai desde o visual exterior mais desportivo, como a aplicação de um para-choques e grelha redesenhados, saída de escape elíptica cromada junto ao difusor perfilado, jantes de 17 polegadas de desenho exclusivo e acabamento em Dark Metal (18 polegadas em opção), bem como a aplicação deste acabamento nas capas dos espelhos retrovisores, difusor e goteiras laterais dianteiras.

No interior, o Mégane GT conta igualmente com elementos diferenciadores, como os bancos com apoios de cabeça integrados, com pesponto em azul e logótipo sport com padrão quadriculado, estando disponíveis três tipos de acabamentos (tecido, couro alcantara com faixas azuis e couro alcantara com faixas pretas). Também o volante possui um desenho específico, bem como o revestimento, garantindo assim uma maior aderência às mãos. Em termos mecânicos, o Mégane GT conta com afinações específicas na suspensão, com a colocação de novas molas, amortecedores e barras estabilizadoras, uma direcção mais precisa e travões mais eficazes, com discos ventilados de 320mm à frente e 290mm atrás.

O novo Mégane já poderá ser adquirido em qualquer concessionário Renault, com preços que começam nos 21.150 euros para a versão Zen equipada com motor Energy TCe 100 a gasolina, 23.500 para a versão Zen Energy dCi 90 a gasóleo, 23.700 euros para a versão Intens Energy TCe 130 a gasolina, 24.800 euros para a versão Zen Energy dCi 110 a gasóleo, 28.800 para a versão Intens Energy dCi 130 a gasóleo e 31.900 euros para a versão de topo GT Energy TCe 205 EDC a gasolina.