0 comentários

Um Ferrari F40 a fazer drifts na neve? Só com a ajuda da Red Bull!

por em 12 Abril, 2016
 

O Ferrari F40 lançado em 1987, continua a ser um dos supercarros mais adorados do planeta, não só pela estética ímpar, mas pelo facto de ter sido o único Ferrari a conseguir rivalizar com o Lamborghini Countach em termos de posteres colados nas paredes de todos os adolescentes da década de 70 e 80 do século passado. Observar um F40 parado é uma visão única, quando mais vê-lo em andamento, com aquela sonoridade única, especialmente se tivermos em conta que os proprietários deste automóvel que custa cerca de 1,5 milhões de euros dificilmente gostam que andar a correr riscos e andar com o mesmo em estrada.

Como tal, qualquer tipo de alteração ou utilização menos própria deste modelo é sinónimo de uma verdadeira “intifada” contra o autor de tais profanações. O mesmo poderíamos dizer sobre Takeshi Kimura, um milionário Japonês que tem um excelente gosto por automóveis, mas que gosta de tirar total partido dos mesmos, razão pelo qual teve a ousadia de levar o seu F40 para a neve e acampar durante a noite no meio da montanha.

Tudo isto poderia fazer sentido, não fosse o facto de Kimura-San ter decidido que o caminho mais divertido para subir a montanha seria pelas pistas de ski, bastando para tal colocar umas correntes para a neve nos pneus traseiros (onde são transmitidos os 480cv de potência do motor V8 3.0 turbo) e ter usado a ajuda de uma equipa de filmagem da Red Bull para tornar toda a experiência inesquecível num vídeo “diferente”.

Ok, admitimos, o resultado é brilhante, e não é difícil ficarmos “roidinhos” de inveja por não termos tido o privilégio de realizar tamanha proeza e demonstrar que afinal um F40 pode ser usado onde e quando quisermos, desde que haja o mínimo de cuidado e respeito pela máquina.