0 comentários

Ford actualiza motorização 2.0 TDCi do Mondeo, S-Max e Galaxy

por em 9 Setembro, 2016
 

A Ford melhorou ainda mais os populares motores diesel 2.0 TDCi dos modelos Mondeo, S-MAX e Galaxy, proporcionando uma melhor eficiência no consumo de combustível e emissões de CO2 mais baixas, resultando em custos de utilização mais reduzidos. Para tal, os engenheiros da Ford procederam a uma afinação ao software dos motores diesel 2.0TDCi com potências de 150 ou 180 cv, com transmissão automática PowerShift de seis velocidades e tracção dianteira para proporcionar uma redução nas emissões de CO2 de até 7 por cento.

Esta afinação de software permite optimizar o controlo da injecção de combustível e a combustão dos motores diesel 2.0 TDCi de 150 e 180 cv do Ford Mondeo, permitindo que as versões equipadas com transmissão PowerShift e tracção dianteira registem consumos a partir dos 4,6 l/100km e emissões de CO2 de 120 g/km, ou seja, menos 5 g/km.

Já os modelos S-MAX com as mesmas motorizações exibem agora consumos a partir dos 5 l/100km e emissões de CO2 de 129 g/km, até menos 10 g/km. No caso da Galaxy, os já referidos motores apresentam agora consumos médios a partir de 5,2 l/100km e 134 g/km de CO2, o que corresponde a uma redução de 5 g/km. Além da afinação do software, o melhorado motor diesel 2.0TDCi recebe um bloco do motor, cilindros e injecção de combustível com design optimizado e um sistema de pós-tratamento de gases de escape com armadilha de NOx para emissões mais limpas.

Além destas motorizações, os modelos Mondeo, S-MAX e Galaxy contam com a presença do potente motor diesel 2.0TDCi bi-turbo com 210 cv, bem como do recém lançado 1.5TDCi de 120 cv, que garante consumos médios a partir de 3,6 l/100km e emissões de 94 g/km de CO2.

“A combinação de uma potente performance, grande eficiência de combustível e uma experiência de condução sem esforço fez com que o nosso motor 2.0TDCi PowerShift se tornasse popular entre os nossos clientes que agora podem beneficiar ainda de mais baixos custos de utilização”, disse Roelant de Waard, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviço, Ford Europa.