1Comente

Renault apresenta Clio, Clio R.S. e GT Line renovados em Bordéus

por em 23 Setembro, 2016
 

Fomos até Bordéus, a convite da Renault Portugal, para conhecer o novo Renault Clio, um modelo que se encontra na sua quarta geração, tendo esta sido lançada em 2012, razão pelo qual acaba de receber uma importante actualização de meio de ciclo. Embora os resultados não justificassem uma renovação agora, a Renault optou por melhorar já aquele que é um dos veículos mais vendidos na Europa, com mais de 13 milhões de unidades vendidas desde o seu lançamento em 1990, vendas anuais de 400 mil unidades e líder de vendas em Portugal desde o lançamento da última geração.

Visualmente as diferenças são mínimas, destacando-se a introdução de pequenos elementos que permitem manter o visual do Clio actualizado, com a introdução de novas ópticas para as versões mais equipadas, que além de substituírem as tradicionais lâmpadas de Halogéneo pela tecnologia LED “Pure Vision”, que desempenham as funções de luzes de médio e máximos, oferecem uma luz 20% mais potente e reduzem o efeito de encadeamento, tornando a condução à noite mais segura.

RENAULT CLIO IV PHASE 2

Estas ópticas destacam-se por integrar a nossa assinatura luminosa, composta por luzes diurnas em LED em forma de C, como tem acontecido com os últimos modelos da marca, solução essa que é igualmente reproduzida nas ópticas traseiras através de luzes de presença em LED, disponíveis apenas na versão berlina. As restantes alterações são mínimas, como a grelha que recebe o logótipo redesenhado e a nova saia da embaladeira traseira que foi igualmente redesenhada.

RENAULT CLIO IV PHASE 2

Porém, é no interior que o novo Clio foi verdadeiramente melhorado, estando presentes novos materiais de qualidade superior, como os plásticos e os cromados que passam a ser mais robustos e menos brilhantes, estando o esquema de cores disponível mais sóbrio, embora continue a ser possível personalizar o interior do novo clio. Destaca-se o desaparecimento do excesso de plástico em elementos como o volante, que foi redesenhado, bem como os painéis das portas, e o desenho da consola central, que está agora mais ergonómica e, graças ao uso de plásticos de qualidade superior, evita a criação de ruídos parasitas como ocorreu com algumas unidades pré-actualização.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Também os bancos foram redesenhados, oferecendo agora maior envolvência, melhor apoio lateral e um tacto superior. Em termos de equipamentos destaca-se a inclusão de mais soluções de entretenimento, estando agora disponível o sistema R&Go de série, que permite usar o seu Smartphone (através de um suporte universal fornecido) como ecrã de funcionamento do sistema, através de quatro funções específicas: Navegação, Telefone, Multimédia e Veículo.

Igualmente presentes estão os sistemas Nav Evolution, uma solução simples composta por um ecrã de 7 polegadas táctil que integra um sistema de navegação simples, ou então o sistema mais evoluído R-Link Evolution, que apesar de usar igualmente um ecrã táctil de 7 polegadas, utiliza a mais vasta oferta da Renault, como a navegação TomTom, complementada pelas informações de trânsito em tempo real e radares fixos (TomTom Live), sistema de reconhecimento de voz, visualização de imagens e vídeos (com veículo parado), gestão de sistemas de ajuda à condução e Renault R-Link Store, que permite a instalação de aplicações.

RENAULT CLIO IV PHASE 2

O novo Clio passa a dispor ainda de outras soluções em termos de equipamento, como a possibilidade de se optar por um sistema de som de alto desempenho da Bose, composta por 7 altifalantes, retrovisores rebatíveis electronicamente, espelhos de cortesia com iluminação, retrovisor interior electrocromático e sistema Easy Park Assist, a solução da Renault para auxílio nas manobras de estacionamento, tanto em paralelo como perpendicular e espinha.

Mecanicamente as novidades vão essencialmente para a introdução da versão de 110 cavalos do bloco 1.5 dCi, com caixa manual de seis velocidades, que se junta às actuais de 75 e 90 cv. Em termos de motorizações a gasolina, o novo Clio passa a estar disponível com a motorização 1.2 TCe de 120 cavalos com caixa manual de seis velocidades, que passa a estar disponível juntamente com as motorizações de 75 e 90 cv.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além das versões tradicionais do Clio, também as versões GT Line e R.S. foram actualizadas. O Clio GT Line, uma versão criada quase de propósito para o mercado nacional, oferece um visual desportivo através da aplicação de elementos como as molduras dos faróis adicionais em cinzento “Dark Metal”, nas capas dos espelhos, saias laterais do Clio R.S., difusor traseiro com saída de escape com ponteira cromada e jantes de desenho exclusivo. No interior destaca-se os bancos desportivos com tecido específico, volante em couro perfurado e inscrição GT Line, bem como pedais em alumínio.

Já o Clio R.S. destaca-se pelo visual mais arrojado, com a integração do sistema R.S. Vision, um sistema de iluminação adicional LED multi-reflectora que agrupa as funções de faróis de nevoeiro, iluminação no interior das curvas, bem como reforço das ópticas principais na iluminação das luzes de médio e máximos. Esta solução, com o seu visual em forma de bandeira de xadrez, encontra-se devidamente integrado nos para-choques desportivos. Atrás destaca-se a aplicação do conhecido difusor desportivo com a dupla saída de escape cromada, sendo a principal novidade as ópticas com luzes de presença em LED em forma de C.

Mecanicamente o Clio R.S. está disponível em duas versões, a “normal”, composta pelo bloco 1.6 Turbo de 200 cavalos, estando a versão Trophy equipada com a versão do mesmo motor, embora com 220 cavalos. Ambas as motorizações estão associadas, em exclusivo, à caixa EDC de dupla embraiagem de seis velocidades com patilhas no volante.

Para tirar total partido destas motorizações, o Clio R.S. poderá receber três tipos de chassis, mas para Portugal apenas estará disponível a versão mais radical, a versão Trophy, que utiliza a configuração mais rígida do chassis, sendo 20 mm mais próximo ao solo no eixo dianteiro e 10 mm no traseiro, ao qual se juntam as elegantes jantes de 18 polegadas com pneus desportivos Michelin. Se a isto juntarmos o escape exclusivo da Akrapovic, o resultado é uma sonoridade apaixonante, especialmente nas ocasiões de subidas de regime do motor.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para comprovarmos todas estas alterações, incluindo algumas invisíveis à vista desarmada, efectuamos um percurso que permitia testar o novo Clio em diversos tipos de situações, como auto-estrada, estrada, circuito urbano e em pista (este último para a versão R.S. Trophy), tendo o resultado sido bastante agradável, com esta nova versão do Clio a revelar ser mais confortável e silencioso em circulação, com um interior mais agradável, e muito divertido de conduzir, tanto em estrada como em pista, em especial com as motorizações testadas, os novos 1.5 dCi de 110 cavalos e 1.2 TCe de 120 cavalos.

Já em Pista, o Clio R.S. Trophy revelou estar em casa, só não sendo possível explorarmos mais as suas capacidades devido ao pouco tempo disponível (tínhamos o avião para regressar a Portugal) e à forte chuva que se fez sentir quando chegámos à pista, tornando o piso do circuito usado mais escorregadio. O novo Clio chegou este mês ao mercado nacional, podendo já ser encomendado em qualquer concessionário Renault, tanto nas versões Berlina como Sports Tourer. Poderá consultar os preços base na tabela seguinte:

Modelo Combustível Potência Preço
Clio Berlina 1.2 Gasolina 75 cv €14.300
Clio Berlina TCe 90 Gasolina 90 cv €15.150
Clio Sport Tourer TCe 90 Gasolina 90 cv €16.060
Clio Berlina TCe 120 Gasolina 120 cv €18.570
Clio Sport Tourer TCe 120 Gasolina 120 cv €19.430
Clio Berlina dCi 75 Diesel 75 cv €18.550
Clio Berlina dCi 90 Diesel 90 cv €19.250
Clio Sport Tourer dCi 90 Diesel 90 cv €20.110
Clio Berlina dCi 110 Diesel 110 cv €22.820
Clio Sport Tourer dCi 110 Diesel 110 cv €23.680
Clio R.S. 200 EDC Gasolina 200 cv €29.950
Clio R.S. 220 EDC Gasolina 220 cv €31.750