0 comentários

Nacional de TT regressa ao Alentejo

por em 2 Outubro, 2016
 

Quatro meses depois de ter estado em Reguengos de Monsaraz o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno está de regresso ao Alentejo e será desta vez o Gavião a receber os concorrentes para a sua sexta etapa desta temporada de 2016. O Centro Cultural Recreativo e Desportivo da Ferraria organiza no próximo fim-de-semana a 29ª edição do Raid TT Ferraria – Vinhos Quinta dos Garfos.

Títulos nacionais em jogo
Pontuável para o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, para os Troféus Polaris RZR e CanAm Maverick e ainda para o Desafio Polaris ACE o Raid TT Ferraria atraiu perto de uma centena de concorrentes repartidos pelas disciplinas Moto, Quad e UTV/Buggy. Depois dos títulos já previamente alcançados em Idanha por Sebastian Buhler na Classe TT1 Moto, João Filipe nos Navegadores UTV/Buggy e Rita Oliveira na Taça das Senhoras, igualmente desta ultima desta disciplina, outros poderão ser já alcançados no próximo fim-de-semana.

Sebastian Buhler mantêm liderança nas duas rodas
Com Mário Patrão a continuar ausente e o campeão António Maio a ter deitado já fora um resultado é o jovem piloto da Yamaha, Sebastian Buhler quem se mantém na liderança do campeonato nas duas rodas, onde regista um triunfo e mais quatro subidas ao pódio.

Todavia há que ter em conta que António Maio (Yamaha) venceu todas as quatro provas que terminou, pelo que assume o favoritismo para esta corrida tendo como principais adversários o seu companheiro de equipa e líder do campeonato e ainda Gustavo Gaudêncio (Honda) que regista três terceiros lugares.

Outros pilotos a ter em conta na prova alentejana são os António Pereira (Yamaha), que lidera a Classe TT2, Salvador Vargas (KTM) e David Megre (KTM), respetivamente o 5º e 6º do campeonato e ainda Fausto Mota (Yamaha), o atual campeão TT3 que vai desta vez competir com uma moto TT1, classe que trás de regresso o antigo campeão, Domingos Santos, numa moto do fabricante português AJP, o jovem João Lourenço (Sherko) e o veterano Pedro Oliveira (Honda), pilotos sempre muito rápidos.

Arnaldo Martins (Suzuki) está a melhor colocado nos Quad
Se Beto Borrego (Yamaha) dominou por completo a competição Quad nas três primeiras jornadas, onde foi sempre secundado por Arnaldo Martins (Suzuki), os inúmeros problemas pelos quais passou na Baja TT do Pinhal e a desistência em Idanha dão agora a liderança e o favoritismo ao regressado piloto de Cabeceiras de Basto. Nuno Gonçalves e Rodrigo Pagaime em Yamaha, que estão separados por apenas três pontos, lutam por uma terceira posição num duelo marcado pela ausência de Fábio Ferreira, acidentado em Idanha. De salientar os regressos de André Carita (Suzuki) e Luís Engeitado (Yamaha) dois pilotos dispostos a lutar pelas primeiras posições.

João Dias (Polaris) a um pódio de ser campeão
Com mais de três dezenas de máquinas inscritas a animação continua a marcar presença numa disciplina UTV & Buggy onde João Dias ganhou algum ascendente em Idanha com sua vitória a ser acompanhada pela desistência do seu principal adversário, Ricardo Carvalho. Com o seu navegador João Filipe já campeão, ao piloto de Torres Vedras “basta” apenas de terminar no lugar mais baixo do pódio para se sagrar antecipadamente campeão e isto apenas se Carvalho ou Santinho Mendes (Polaris), o terceiro candidato ao titulo vencerem no Gavião.
Mas o Raid TT da Ferraria terá seguramente outros candidatos à vitória. Bruno Martins (Rage), Miguel Jordão, Rui Serpa e Pedro Carvalho todos em Polaris Turbo são outros nomes a ter em conta.

No Sábado, vai disputar-se um primeiro troço com cerca de 30 km e no Domingo, os participantes terão de realizar três voltas consecutivas a um percurso com cerca de 66km de extensão. No total serão cerca de 228 kms cronometrados, divididos por dois setores selectivos.

Classificações do CNTT (após quatro jornadas)
Motos
Absoluto: 1º Sebastian Buhler, 86; 2º António Maio, 80; 3º António Pereira, 60; 4º Gustavo Gaudêncio, 58; 5º Salvador Vargas, 47; 6º David Megre, 34
TT1: 1º Sebastian Buhler, 100; 2º Tiago Santos, 57.
TT2: 1º António Pereira, 82; 2º António Maio, 80.
TT3: 1º Gustavo Gaudêncio, 77; 2º Salvador Vargas, 69.
Promoção: 1º Lee Green, 84; 2º Tiago Carvalho, 64.
Veteranos: 1º Sandro Carolino, 94; 2º José Alvoeiro, 60
Senhoras: 1ª Flávia Rolo, 100; 2º Catarina Sampaio, 85.
Quads
Absoluto: 1º Arnaldo Martins, 91; 2º Beto Borrego, 69; 3º Nuno Gonçalves, 52; 4º Fábio Ferreira, 51; 5º Rodrigo Pagaime, 49.
UTV/Buggy
Absoluto: 1º João Dias, 88; 2º Ricardo Carvalho, 62; 3º Pedro Mendes, 61; 4º Carlos Miranda e Miguel Jordão, 50; 6º Rui Serpa, 39.
Navegadores: 1º João Filipe, 100; 2º Luís Engeitado, 57; 3º Paulo Gregório, 54; 4º Eurico Adão, 53.
Promoção: 1º Jorge Esperto, 66; 2º Pedro Carvalho e Emanuel Vieira, 55;
Veteranos: 1º Carlos Miranda, 84; 2º Rui Serpa, 80.
Senhoras: 1ª Rita Oliveira, 100; 2º Dorothee Ferreira, 34.
Troféu Polaris: 1º João Dias, 95; 2º Pedro Mendes 72; 3º Carlos Miranda, 69; 4º Rui Serpa 64; 5º Rita Oliveira, 44.
Troféu CanAm: 1º Emanuel Vieira, 69; 2º Jorge Esperto, 67; 3º Nuno Matias, 55; 4º Vítor Santos, 52; 5º Avelino Luís, 37.
Desafio Polaris ACE: 1º João Martins, 69; 2º Alexandre Freitas, 57; 3º Marcelo Pinto, 45.