0 comentários

Grupo Volkswagen apanhado em nova “batota” nas emissões

por em 7 Novembro, 2016
 

Segundo um relatório emitido pela Bild am Sonntag, o Grupo Volkswagen poderá estar metido em mais um escândalo relacionado com as alterações nas emissões. Segundo a publicação Alemã, a CARB (California Air Resources Board) descobriu no Verão passado mais um mecanismo de alterações de funcionamento do motor, desta vez associado à transmissão de um Audi.

Este novo dispositivo está embutido no software da transmissão, que activa um modo de baixo desempenho de forma a reduzir a produção de emissões de Dióxido de Carbono sempre que o motor ligar, estando associado tanto a motorizações a diesel como a gasolina. A transmissão está programada para alterar apenas para o modo de alto desempenho (regularizando os valores de CO2) só após o volante alterar a sua posição em mais do que 15 graus, assumindo que a viatura passou a estar a ser conduzida normalmente.

Isto significa que a transmissão passaria a assumir que a viatura estaria colocada num banco de ensaio, pela inexistência de alterações no ângulo da direcção. Segundo a Bild am Sonntag, a Audi deixou de usar esta solução em Maio do presente ano, tendo suspendido diversos engenheiros que estariam relacionados com o desenvolvimento e aplicação desta solução.