0 comentários

Novo Mini Countryman estreia motorização híbrida Plug-In

por em 2 Novembro, 2016
 

O novo Mini Countryman, que será apresentado a público durante o próximo Salão Automóvel de Los Angeles, já foi revelado, sendo o maior modelo de sempre da Mini, mas também o mais versátil. Recorrendo a elementos estilísticos muito próprios, como a grelha hexagonal ou farois dianteiros mais rectangulares que o habitual e traseiros verticais, este modelo destaca-se por ser maior em comprimento 200 mm que a anterior geração, 30 mm mais alto e mais espaçoso, graças aos 75 mm adicionais na distância entre eixos.

Internamente destaca-se o espaço disponível a bordo para todos os ocupantes, bem como a bagageira, que varia entre os 450 e os 1390 litros (mais 220 litros que o anterior), tirando partido dos bancos traseiros com costas rebatíveis na proporção 40/20/40. A bagageira, além das diversas soluções de arrumação como piso de altura variável e revestimento da soleira metálico, conta com um invulgar banco de picnic desdobrável, que cobre a soleira do portão traseiro, que pode ter actuação eléctrica com função mãos-livres.

Este slideshow necessita de JavaScript.

No interior, embora predomine o estilo Mini, encontra-se presente o primeiro ecrã táctil para o sistema de infoentretenimento de um Mini, desde que opte pela versão topo de gama. De resto estão presentes as habituais soluções de assistência à condução e segurança, como o sistema de alerta de colisão com travagem de emergência ou os opcionais Driving Assist, sensores e câmaras de estacionamento, sistema de auxílio ao estacionamento e head-up display.

Em termos mecânicos, este modelo evoluiu a nível de suspensão com a adição dos opcionais sistemas de amortecimento activo (DDC), sistema de tracção integral devidamente melhorado para um melhor comportamento fora do asfalto, sendo este opcional em todas as motorizações. E já que falamos em motorizações, o destaque recai para a versão contar com o primeiro motor híbrido Plug-In, composto por um 1.5 Turbo de três cilindros a gasolina com 136 cv que funciona em conjunto com um motor eléctrico de 88 cv, garantindo um rendimento combinado de 224 cavalos.

Este motor eléctrico é alimentado por um conjunto de baterias de 7,6 kWh de potência, colocadas junto ao motor eléctrico, estando ambos colocados sobre o eixo traseiro, permitindo assim um comportamento ainda mais equilibrado graças à melhor distribuição de peso. Além desta motorização, estarão presentes quatro motorizações tradicionais com motor a combustão, a versão Cooer com 1.5 Turbo de 136 cv, Cooper S com 2.0 Turbo de 192 cv, Cooper D 2.0 diesel de 150 cv e Cooper SD diesel de 190 cv. Este modelo será lançado no primeiro trimestre do próximo ano em Portugal.

Este slideshow necessita de JavaScript.