0 comentários

Genebra – Lamborghini revela Huracán Performante, o “monstro” que bateu o Porsche 918 em Nürburgring

por em 8 Março, 2017
 

Uma das estrelas que marca presença no Salão Internacional de Genebra é o novo Lamborghini Huracán Performante, uma versão de alto desempenho do modelo de “entrada” da marca de Sant’Agata Bolognese. Este modelo tem a particularidade de ter recebido uma importante redução de peso, que chega aos 40 kg através do recurso de novos compostos ultra leves com alumínio e uma resina com elementos de fibra de carbono, que foram aplicados em locais como os spoilers dianteiro e traseiro, capot, pára-choques e difusor traseiro.

Além da redução de peso, foi fundamental a introdução de novos elementos aerodinâmicos activos, designados como ALA (Aerodinamica Lamborghini Attiva), que resultam na aplicação de um motor eléctrico no spoiler frontal que actua perante pequenas asas que ajustam o fluxo de ar de acordo com as necessidades (velocidade máxima ou estabilidade em curva).

Atrás foi aplicada uma asa traseira de grandes dimensões, que é auxiliada por outros dois motores eléctricos que ajustam o fluxo de ar dirigido à asa traseira, aumentando até 750% a força descendente face ao Huracán “tradicional”. A utilização de motores eléctricos em detrimento dos habituais motores hidráulicos permitiu tornar o sistema mais rápido (demora 500 ms a abrir ou fechar os canais aerodinâmicos) e significativamente mais leve (menos 80%).

Em termos mecânicos, o Huracán mantém a utilização de um sistema de tracção às quatro rodas, sendo este um sistema Haldex de quinta geração, totalmente gerido de forma electrónica, sendo auxiliado por um diferencial traseiro com autoblocante mecânico. Este sistema actua em conjunto com a caixa de dupla embraiagem de sete velocidades, devidamente ajustada para lidar com o aumento de potência e binário da motorização usada.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mantendo a disposição de 10 cilindros em V e a mesma capacidade de 5.2 litros, o motor utilizado pelo Huracán Performance é o motor V10 mais potente de sempre da Lamborghini, sendo capaz de debitar 640 cavalos de potência às 8.000 rpm e 600 Nm de binário máximo às 6.500 rpm. Utilizando um conjunto de optimizações, como o colector em bronze (tal como na edição de 30 anos do Lamborghini Diablo) com desenho optimizado, novas válvulas em titânio com maior curso e um novo sistema de escape permitiram melhorar o desempenho, ao garantir que 70% do binário total está disponível logo às 1.000 rpm.

Com um peso de apenas 1382 kg, 640 cv de potência e binário 600 Nm, bem como uma distribuição de peso de 43:57 (eixo dianteiro e traseiro), o novo Huracán Performante consegue assim atingir os 100 km/h em apenas 2,9 segundos, 8,9 segundos para os 200 km/h, uma velocidade máxima de 325 km/h e, graças a discos carbocerâmicos de 380 mm à frente e 356 mm atrás, é capaz de travar dos 100 km/h em apenas 31 metros.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mas, mais importante do que tudo isso, é o facto de a Lamborghini ter conseguido, a 5 de Outubro de 2016, superado o recorde detido pelo Porsche 918 Spyder, que detinha a volta mais rápida feita por um veículo de produção no mítico circuito de Nürburgring. O Porsche tinha conseguido 6:57.00 pelas mãos de Marc Lieb (piloto do FIA WEC), tendo o Huracán Performante conseguido superar esse tempo em mais de 5 segundos (6:52.01). Segundo Marco Mapelli, o condutor responsável pelo novo recorde, o Lamborghini Aventador SV, que detém o terceiro melhor tempo com 6:59.73, consegue atingir velocidades mais rápidas, porém o Huracán Performante é mais ágil, daí o tempo obtido em Nürburgring. Veja o vídeo do feito já a seguir:

Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe um comentário

 

Deixe uma resposta