Cockpit
632 visualizações 0 comentários

Nissan Juke 1.5 dCi 110 N-Connecta – Original como sempre

por em 23 Janeiro, 2017
 

É frequente as marcas lançarem edições especiais, como forma de tornarem os modelos ainda mais apelativos, com a introdução de uma lista de equipamento mais vasta por um preço mais acessível. Desta vez coube ao irreverente Nissan Juke receber a edição N-Connecta, que se distingue por oferecer mais extras às duas motorizações de entrada, o 1.2 DIG-T a gasolina de 115 cavalos, e o sobejamente conhecido 1.5 dCi, de origem Renault, aqui testado na sua versão de 110 cavalos de potência.

Face às versões base, esta edição N-Connecta destaca-se por oferecer items como as jantes de liga leve de 17 polegadas, espelhos retrovisores exteriores reguláveis electricamente aquecidos e na cor da carroçaria manípulos à cor da carroçaria, vidros traseiros escurecidos, ponteira de escape em inox, luzes diurnas em LED e faróis de nevoeiro. Porém, e por se tratar de um Juke, que permite ser fortemente personalizado, a Nissan Portugal decidiu configurar este modelo do parque de imprensa com alguns elementos que permitiram torná-lo menos discreto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estamos a falar da combinação da forte pintura exterior Ink Blue metalizada com elementos como aros para faróis, embelezador inferior do pára-choques dianteiro e traseiro e capas dos espelhos retrovisores em branco (London White), criando assim um contraste original. Como se não bastasse, nem mesmo as jantes escaparam à personalização, sendo os modelos utilizados as jantes de 18 polegadas, também elas com aplicações em London White, estando estas equipadas com pneus Continental ContiSportContact 5, nas medidas 225/45 R18.

No interior a personalização já não foi tão forte mas, verdade seja dita, neste campo o Juke pouco mais precisa para se destacar. Este é um dos elementos que continua a ditar o sucesso do modelo, pois ou se adora, ou se odeia. Felizmente o meu caso é o primeiro, razão pelo qual adoro este interior, especialmente com este Pack Interior Fabric com revestimento da consola central e acabamentos das portas em branco. Em termos de utilização, reconheço que, embora seja atraente, este interior peca pela falta de espaços para arrumação, como acontece com o seu principal rival, o Renault Captur.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Destaque para a aplicação do ar condicionado automático, que partilha o painel e os comandos com o sistema de controlo de modo de condução, e o agradável sistema de infoentretenimento NissanConnect, com ecrã táctil de 5.8 polegadas, navegação 3D, sistema de som com suporte para CD, MP3 (por Bluetooth, Aux e USB) e câmara traseira. Infelizmente, embora o sistema seja bastante completo, merecia um sistema de som mais completo, como o utilizado pelas versões Tekna, com seis colunas, mesmo que fosse enquanto opcional.

Em termos de motorização, o conhecido bloco 1.5 dCi a gasóleo, de origem Renault, continua a demonstrar uma capacidade surpreendente, não só em termos de andamento como em termos de consumo e fiabilidade, não fosse um dos motores mais vendidos em Portugal e na Europa, sendo igualmente usado por marcas Premium, como a Mercedes-Benz nos seus modelos de segmento compacto. Poderá, se desejar, optar pela versão 1.2 DIG-T a gasolina, que garante um funcionamento mais suave, e supreendentemente eficaz, ao mesmo tempo que lhe permitirá poupar mais de 3000 euros face ao modelo equivalente a gasóleo. Aproveite a actual campanha da Nissan, que lhe oferece 3000€ adicionais, com retoma de uma viatura.

Este slideshow necessita de JavaScript.

1104

Ficha Técnica

Motor Prestações
Tipo Quatro cilindros em linha Velocidade Máxima 175 km/h
Capacidade 1461 cc Aceleração (0-100 km/h) 11,2 s
Potência 110 cv (4250 rpm) Consumos (litros/100 km)
Binário 260 Nm (1750 rpm) Urbano (anunciado) 4,6
Transmissão Extra-urbano (anunciado) 3,9
Tracção Dianteira Combinado (anunciada) 4,1
Caixa Manual de 6 velocidades Emissões CO2 104 g/km
Chassis Preço
Dimensões (Comp. / Larg. / Alt.) 4135 / 1765 / 1565 mm Valor base €24 780 (€21 780 c/retoma)
Peso 1770 kg Valor viatura testada €25 821
Bagageira 354 / 1187 litros I.U.C. €143.17
Detalhes
 
Marca
Combustível
Positivos

- Design original
- Interior original e facilmente personalizavel
- Motor eficaz
- Comportamento
- Nível de equipamento de série mais completo

Negativos

- Design poderá não ser do agrado de todos
- Interior pouco versátil

Pontuação Motor+
 
Design
7.0

 
Interior
6.5

 
Desempenho
7.5

 
Consumos
8.0

 
Equipamento
8.0

 
Preço
7.5

Pontuação Final
7.4

Vote
Pontuação do Leitor
 
Design
6.6

 
Interior
6.6

 
Desempenho
7.1

 
Consumos
8.0

 
Equipamento
7.1

 
Preço
6.2

Pontuação do Leitor
8pontuações
6.9

Acabou de pontuar

Resumo
 

Através da versão N-Connecta, o pequeno Juke torna-se ainda mais acessível e mais apelativo, ao oferecer uma vasta lista de equipamentos de série, ao qual se podem juntar os originais pacotes e elementos personalizáveis, que permitem tornar o Juke à sua imagem. Além da introdução deste nível de equipamento, a Nissan está a oferecer 3000€ de desconto na retoma de uma viatura usada, tornando a aquisição deste Juke ainda mais apelativa.

Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe um comentário

 

Deixe uma resposta