Secções

Notícias

Ensaios

Notícias

Renault Mégane R.S. Trophy-R recupera recorde de Nürburgring

Desde 2014 que o domínio pela volta mais rápida pela mítica pista de Nürburgring tem levado os construtores automóveis ao limite, especialmente no que toca ao segmento dos modelos de tracção dianteira, que já foi dominado pelo Renault Mégane R.S. Trophy-RS (7m54.36s), pelo Volkswagen Golf GTI Clubsport S (7m47.19s) e Honda Civic Type-R (7m43.8s). Desta vez, foi a Renault Sport que conseguiu recuperar a liderança, utilizando para tal o novo Mégane R.S. Trophy-R, uma edição especial limitada.

Face ao já conhecido Mégane R.S. Trophy, esta edição Trophy-R viu o seu peso reduzir em 130 kg, mas manteve o nível de potência nos mesmos 300 cavalos, extraídos do motor 1.8 TCe de quatro cilindros. A nível de alterações mecânicas, a linha de escape foi substituída por uma solução mais leve e eficaz da Akrapovic, tendo os travões sido optimizados pela Brembo, os pneus substituídos por modelos Potenza da Brigstone, os amortecedores sido substituídos por modelos de alto desempenho da Öhlins, e os bancos desportivos substituídos por baquets da Sabelt.

O resultado foi o automóvel de série de tracção dianteira mais rápido de sempre nos 20.832 km do Nordschleife, com o impressionante tempo de 7m40.1s, registados no passado dia 5 de Abril de 2019, pelas mãos do piloto Laurent Hurgon. Esta edição especial teve a sua primeira aparição pública durante o dia 24 de Maio, por altura do Grande Prémio de Fórmula 1 do Mónaco, pelas mãos de Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg, pilotos da equipa Renault F1 Team.

Gustavo Dias