Secções

Notícias

Ensaios

Notícias

Novo Audi Q7 já disponível em Portugal

Audi

Decorreu em pleno Terreiro no Paço, na recém inaugurada Pousada de Lisboa, a apresentação nacional do novo SUV topo de gama da Audi, o novo Q7. Este modelo, que chega assim à segunda geração, conta com diversas inovações, como a impressionante redução de peso de 325Kg face à anterior geração. Para atingir este impressionante valor, a Audi desenvolveu diversos elementos na estrutura em alumínio (total de 41%), o que levou a que só a carroçaria se tornasse 71Kg mais leve, bem como a suspensão traseira que perdeu 40kg, sendo também ela em alumínio.

Recorrendo a um chassis mais compacto, com menos 37mm no comprimento total (5.052mm) e menos 15mm na largura (1.968mm), tem igualmente uma distância entre eixos menor de 8mm, porém consegue oferecer maior espaço interior, tanto para os ocupantes (maior distância entre filas de bancos e em altura) como para a bagagem, que suporta 890 litros expansíveis a 1955 litros, graças ao rebatimento dos bancos traseiros.

Disponível com uma terceira fila de bancos com regulação eléctrica, é possível ajustar longitudinalmente os bancos da segunda fila, para melhor gestão do espaço disponível. Recorrendo à nova imagem de marca, estreada no recém renovado Audi Q3, o novo Q7 utiliza a nova grelha Singleframe, em formato 3D, que em conjunto com os novos pára-choques com linhas mais vincadas, reforçam o look imponente do Q7.

Entre os diversos elementos estilísticos, destacam-se as jantes de 18 polegadas de série, que podem ser substituidas por modelos até 21 polegadas, pela protecção de chassis larga que inclui difusor e ponteiras de escape em alumínio, bem como pelos sistemas de luz traseiros LED de série, com indicador de mudança de faixa dinâmicos como opcional. À frente, o Q7 trás de origem as ópticas Xénon Plus com LED, sendo possível optar pelo eficaz sistema LED Matrix.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Internamente destaca-se as saídas de ventilação integradas com as linhas horizontais do tablier, dupla inserção que pode ser personalizada, pela integração de um touchpad de grandes dimensões para utilização em conjunto com o sistema de infoentretenimento MMI, que recorre a um ecrã colocado no topo do tablier, podendo este ser de 7 ou 8.3 polegadas. No painel de instrumentos destaca-se a possibilidade de, como opcional, escolher o Audi Virtual Cockpit, um painel de instrumentos totalmente digital composto por um painel LCD de 12,3″ (1440×540 pixéis), alimentado pela plataforma Nvidia Tegra T30 Quad-Core, que é construído na fábrica da Bosch em Braga.

A nível de tecnologias, o novo Q7 poderá receber uma suspensão pneumática, que pode ser ajustada através dos diversos modos disponíveis, como o modo Auto, Allroad (aumenta a altura em 25mm), Lift/Allroad (mais 60mm), Dynamic (menos 15mm) e Carregamento (menos 55mm na traseira). Este sistema ajusta-se automaticamente em andamento, reduzindo a altura ao solo em 15mm sempre que ultrapassar os 129km/h, e 30mm quando passar dos 160km/h. Para garantir um melhor comportamento em curva, a Audi optou pela implementação de um eixo traseiro direccionavel, que reduz o diâmetro de viragem a velocidades baixas e aumenta a estabilidade e conforto em velocidades elevadas.

No campo das motorizações, o Q7 está a ser lançado com o novo 3.0 TFSI Quattro a gasolina de 333cv e 440Nm, que embora mantenha a mesma potência, vê os consumos reduzirem em 3.0 l/100km, o que se traduz numa redução de 70g nas emissões de CO2. Já no bloco a diesel, o Q7 conta com a presença do novo 3.0 TDI Quattro de 272cv e 600Nm, um bloco que recebe mais 27cv de potência e 50Nm de binário, o que se traduz numa redução significativa do tempo de aceleração (apenas 6.3s dos 0-100km/h), ao mesmo tempo que vê os consumos diminuirem em 1.7 l/100km, e as emissões em 46g para as 149g/km.

Para o início do ano será lançada, em Janeiro, uma versão de entrada de gama, com o 3.0 TDI Quattro com 218cv, e em Fevereiro a versão de topo, o Q7 e-tron, que utilizará um 3.0 TDI Quattro diesel de 258cv em conjunto com um motor eléctrico de 116cv, garantindo assim uma potência total de 374cv e 700Nm de binário, o que garante um consumo de 1.7 l/100km e uma autonomia máxima de 56km em modo totalmente eléctrico. O novo Audi Q7 já poderá ser adquirido em qualquer concessionário oficial Audi a partir de 88.190 euros, tanto para a versão TDI como TFSI.

Este slideshow necessita de JavaScript.