0 comentários

Sistemas de arranque sem chave permitem novos tipos de roubos

por em 27 Novembro, 2017
 

A polícia de West Midlands, no Reino Unido, revelou hoje uma gravação captada por um circuito fechado de video vigilância, onde foram captados dois assaltantes que conseguiram roubar um Mercedes-Benz, levando o sistema de acesso sem chave a assumir que os mesmos tinham em sua posse a chaves de origem, permitindo não só desbloquear as portas como iniciar o arranque do motor.

Este assalto, que decorreu a 24 de Setembro, não durou mais de um minuto, e a viatura roubada na zona de Solihull ainda não foi encontrada. Para o roubo em questão, um dos assaltantes utilizaram um mecanismo capaz de captar o sinal da chave à distância, transferindo os códigos emitidos para um segundo equipamento, junto do assaltante que estava junto da viatura, de maneira a desbloquea-la.

Após a abertura da viatura, foi emitido um novo sinal, ou código, que permitiu accionar o motor do Mercedes furtado. Embora neste caso em concreto a viatura tenha sido um Mercedes-Benz Classe C, esta técnica deverá ser compatível com diversos tipos de sistemas de abertura e ignição sem chave. Segundo as autoridades, a solução mais simples de evitar este tipo de furto implica guardar as chaves dentro de um saco electroestático (usado em produtos informáticos), bloqueando assim a emissão do sinal das mesmas.