0 comentários

Primeiro Range Rover produzido vai a leilão

por em 13 Agosto, 2014
 

São inúmeras e variadas as utilizações que os actuais modelos da Land Rover podem fazer, mas no passado, um Land Rover tinha apenas uma obrigação, o de conseguir dominar qualquer terreno. Tudo isso mudou com a introdução do Range Rover em 1970, onde a marca britânica revelou ser possível manter as qualidades excepcionais de off-road, mas num veículo que já conseguia oferecer conforto e versatilidade. O primeiro exemplar criado, com o número de chassis #001, irá a leilão no dia 4 de Setembro, no The Salon Privé, em Londres, estando a leiloeira Silverstone Auctions expectante que o mesmo possa atingir valores entre os €125,000 a €175,000, ainda para mais se tivermos em conta tratar-se de um modelo com a cor Olive Green original.

Construído entre 24 de Novembro a 17 de Dezembro 17 de 1969, ou seja seis meses antes de ter entrado oficialmente em produção, este modelo teve como primeiro proprietário Michael Furlong, o homem responsável pelas primeiras campanhas publicitárias da marca. Após algumas trocas entre proprietários e mudanças de cor, o chassis #001 foi dado como perdido, até ter sido reencontrado no inicio dos anos 90, altura em que foi devidamente restaurado, mantendo até aos dias de hoje elementos originais, como a placa de matrícula e o capot em alumínio. Como nos primeiros modelos, este Range Rover vinha equipado com um bloco 3.5 V8 de 135cv de origem Buick, sendo este capaz de oferecer o elevado binário necessário para, em conjunto com o sistema de tracção às quatro rodas, garantir todas as capacidades off-road que um Land Rover tem que ter.