0 comentários

Volkwagen inicia plano de redução de custos que irá dispensar 30 mil trabalhadores

por em 23 Novembro, 2016
 

A administração do Grupo Volkswagen revelou um ambicioso plano de redução de custos que irá dispensar até 30 mil postos de trabalho até 2021, bem como uma redução de custos de 3,7 mil milhões de euros. A redução do número de trabalhadores irá afectar, sobretudo, as operações na Alemanha, estando previsto um corte de 23 mil postos, o que corresponde a 5% da força de trabalho da marca, que conta com uma força global de 624 mil empregados.

Esta redução de postos de trabalho irá ser processada através de reformas antecipadas, sem que aja uma substituição dos colaboradores que serão dispensados. Esta situação deve-se ao impacto causado pela situação de fraude na questão das emissões de CO2 nas motorizações diesel (dieselgate), que implicaram um prejuízo de 18,2 mil milhões de euros em custos de processo de resolução dos problemas e multas.

Para além deste processo, a estratégia do Grupo Volkswagen implicará um maior empenho no desenvolvimento de novos modelos totalmente eléctricos, estando prevista a criação posterior de 9 mil novos postos de trabalho. Entre as unidades fabris a nível global que serão afectadas pelos cortes, a Autoeuropa, em Palmela, já veio anunciar que não será afectada, estando ainda prevista a contratação de mais 1200 colaboradores, devido ao inicio de produção de um novo modelo, que começará a ser produzido durante o próximo ano.