Secções

Notícias

Ensaios

Desporto

Volkswagen inicia época com vitória no Rali de Monte Carlo

A Volkswagen conquistou os dois primeiros lugares no Rali de Monte Carlo, sendo esta a terceira vitória consecutiva para Sébastien Ogier e Julien Ingrassia no “Monte”. Andreas Mikkelsen e Anders Jæger reforçaram o domínio da Volkswagen, ao conquistarem o segundo lugar neste início do Campeonato do Mundo de Ralis de 2016 (WRC). Esta última vitória marcou o triunfo número 35, em 40 ralis, para o Polo R WRC e o triunfo número 33 da carreira para Ogier e Ingrassia;

Mikkelsen, por sua vez, garantiu o pódio número 15, permitindo ao seu novo co-piloto, Anders Jæger, ver coroada a sua estreia no WRC ao alcançar logo o seu primeiro pódio. Com a vitória em três anos consecutivos, Sébastien Ogier passou a fazer parte das lendas do rali, composta por nomes como Sandro Munari (Lancia), Walter Röhrl (Opel, Lancia e Audi), Tommi Mäkinen (Mitsubishi) e Sébastien Loeb (Citroën).

Com a Volkswagen, Ogier ganhou em 2014, 2015 e 2016. O Polo R WRC de 318 Cv junta-se ao Porsche 911, Lancia Stratos, Lancia Delta, Mitsubishi Lancer e Citroën Xsara como o sexto modelo de um construtor diferente com três vitórias consecutivas no “Monte”. Com 35 vitórias em 40 ralis, o Polo R WRC é também o carro mais bem-sucedido na história de rali, com a impressionante média de vitórias de 87,5 por cento.

Para o sucesso desta prova, foi fundamental a escolha dos pneus usados, uma vez que o Rali de Monte Carlo é conhecido por conter asfalto seco ou molhado numa mesma classificativa, gelo e neve no troço seguinte. Por vezes, um pouco de tudo no espaço de apenas alguns quilómetros. O Rali de Monte Carlo é único no calendário do Campeonato do Mundo de Ralis e a jornada de abertura de 2016 continua a viver esta sua reputação, como perpetuamente imprevisível. Com 16 troços num total de 377.59 km, cada equipa teve de optar sempre pela melhor escolha de pneus.

Felizmente, as três duplas da Volkswagen puderam sempre confiar nas notas transmitidas pelos seus batedores. O “espião no gelo” para o vencedor Sébastien Ogier foi Simon Jean Joseph, Andreas Mikkelsen recolheu os conselhos valiosos de Bernt Kollevold e Jari-Matti Latvala recorreu a Toni Gardemeister. As suas informações ajudaram os pilotos da Volkswagen a tomar as melhores decisões – por exemplo, Andreas Mikkelsen, foi o único piloto a optar por pneus com pregos no sábado de manhã e, como resultado, ganhou um tempo significativo aos seus rivais.

A Power Stage do Rali de Monte Carlo, em que os pontos de bónus são concedidos aos três pilotos e co-pilotos mais rápidos, foi sempre dominada pela Volkswagen, situação que se verifica desde 2013. Esta edição os pilotos da Volkswagen conseguiram conquistar 151 pontos num total de 154 pontos possíveis, tendo Sébastien Ogier vencido novamente. Andreas Mikkelsen terminou em terceiro lugar, logo atrás de Dani Sordo com o seu Hyundai i20 WRC.

Porém, nem tudo correu na perfeição para a Volkswagen, uma vez que Jari-Matti Latvala e Miikka Anttila tiveram um final decepcionante no Sábado. A dupla saiu da estrada no 11° troço, derrapando na berma da estrada o que motivou um ligeiro despiste, não conseguindo evitar um impacto com um espectador, que felizmente saiu ileso. Os danos no carro tiveram como consequência não chegar dentro da sua hora de controlo para o troço seguinte, o que motivou um final prematuro.

O duo finlandês foi multado por não parar no local do incidente, tal como estipulam os regulamentos. Os comissários decidiram ainda atribuir uma pena suspensa a Latvala e Anttila que só entrará em vigor depois de serem considerados culpados de outra violação dos regulamentos. A pena foi aceite pela Volkswagen e pela dupla finlandesa. Com esta vitória, Sebastien Ogier começa a época de 2016 a dominar, com um total de 28 pontos, seguido por Andreas Mikkelsen com 19 e Thierry Neuville com 15. Em termos de construtores, tanto a Volkswagen Motorsport como a Hyundai Motorsport estão empatados com 25 pontos cada, seguidos pela Volkswagen Motorsport II, a equipa do Polo WRC 2016 de Andreas Mikkelsen.

This slideshow requires JavaScript.