Secções

Notícias

Ensaios

Ensaios

Opel Astra 1.6 CDTI Innovation – Um autêntico Robin dos Bosques

Além de termos participado na apresentação internacional, que decorreu em Viena (Áustria) e Bratislava (Eslováquia), tivemos já a oportunidade de andar com aquele que foi eleito o Carro do Ano 2016 em Portugal, o novo Opel Astra. Este modelo, tal como o título deste artigo indica, é um autêntico Robin dos Bosques, uma vez que foi “roubar” aos segmentos de topo diversas funcionalidades, como um chassis significativamente mais leve, luzes Matriz LED, bancos ergonómicos com massagens, aquecimento e ventilação, e os novos serviços OnStar da Opel, que funcionam como um autêntico assistente pessoal que se encontra sempre disponível.

Com o novo Astra, a Opel dá assim continuidade a quase 80 anos de história e mais de 24 milhões de unidades vendidas, sendo esta última evolução a 11ª geração do familiar compacto da Opel (Kadett e Astra). Com o objectivo de fazer a Opel regressar ao pódio dos familiares compactos, o novo Astra foi inspirado no Concept Monza, um modelo revelado durante o Salão de Frankfurt de 2013. Este modelo foi desenhado de raíz, razão pelo qual a partilha de componentes entre este novo modelo e o anterior resumir-se a meros parafusos, segundo afirmou o português Pedro Lazarino, responsável pelo desenvolvimento deste modelo.

Recorrendo a uma nova plataforma, o novo Astra é mais curto e mais leve (entre 120 a 200kg, dependendo da motorização), mas oferece mais espaço para os ocupantes e bagagem, bem como um coeficiente aerodinâmico de referência no segmento. Para tal foi fundamental a adopção de soluções inovadoras, como o ancoramento do eixo traseiro numa posição mais elevada para melhorar o comportamento aerodinâmico.

Em termos de tecnologias, o novo Astra destaca-se por ser o primeiro modelo deste segmento a usar um sistema de faróis de Matriz LED (Intellilux), composto por 16 segmentos de diodos LED que permitem manter as luzes de máximos ligados de forma permanente, criando sombras para evitar o encadeamento com veículos que circulam à nossa frente.

Para tal é fundamental o uso da renovada câmara Opel Eye, que tem como função detectar fontes de luz de veículos que circulam em sentido contrário ou no mesmo sentido. Esta tem ainda a particularidade de actuar como leitor de sinais de trânsito e de auxiliar o sistema de saída de faixa com manutenção na faixa de rodagem, corrigindo a direcção sempre que circular em velocidades entre os 60 e 180km/h, actuando como uma espécie de sistema de condução autónoma temporária.

Igualmente de revelo é a incorporação de um novo tipo de bancos, que além de serem mais estreitos que os anteriores, são mais ergonómicos, daí terem recebido a certificação pelos especialistas de ergonomia alemães AGR. Estes têm a particularidade de poderem receber regulação eléctrica do apoio lateral, ventilação, massagem e aquecimento, estando esta última função também disponível nos lugares traseiros.

À frente destaca-se a nova reorganização da consola central, tendo o confuso e complexo sistema de botões do anterior Astra sido substituído por um painel bem mais simples, ficando em destaque o sistema de infoentretenimento da Opel. No modelo testado, tivemos acesso ao sistema de topo, o Navi 900 IntelliLink, que é composto por um ecrã táctil de grandes dimensões, e a possibilidade de, ligando o seu Smartphone através de um cabo USB, activar o sistema Apple CarPlay.

Se, como eu, for utilizador de sistemas Android, não desespere, pois a Opel anunciou que ao longo do ano de 2016 este sistema será actualizado, permitindo assim suportar o sistema Android Auto. Em termos de sistemas de assistência, além das soluções já indicadas, que funcionam em conjunto com a renovada câmara Opel Eye, o novo Astra dispõe ainda de um indicador da distância ao veículo da frente, alerta de colisão iminente com travagem activa, alerta de ângulo cego e ajusta ao estacionamento (tanto perpendicular como paralelo).

Em termos de motorização, o novo Astra está disponível com o pequeno, mas brilhante 1.0 Turbo EcoTEC de 105cv a gasolina, dois poderosos motores a gasolina EcoTEC, o 1.4 Turbo de 150cv e 1.6 Turbo de 200cv, ou então as obrigatórias motorizações diesel, compostas pelo mesmo bloco 1.6 CDTI, aqui disponível nas variantes de 95, 110 e 136cv.

Durante a apresentação internacional, tive a oportunidade de testar duas versões a gasolina, o 1.4 Turbo EcoTEC e o 1.0 Turbo, tendo o resultado sido bastante animador, tendo o Astra revelado um comportamento muito interessante, aliado a médias de consumo de combustível próximo das anunciadas pelo fabricante. Porém, para o mercado nacional, é a versão 1.6 CDTI de 110cv que deverá registar maior procura, tendo sido essa a unidade ensaiada em território nacional. Efectivamente este motor revela-se como muito agradável de conduzir, bastante silencioso em andamento e capaz de garantir consumos baixos.

Falta apenas referir a presença de uma das grandes novidades nos últimos modelos do fabricante alemão, o serviço Opel Onstar. O novo Opel Astra foi o primeiro modelo a vir equipado de origem com esta solução, estando prevista a implementação em todos os restantes modelos da marca, através da actualização dos sistemas de infoentretenimento.

Este serviço tem a particularidade de disponibilizar um assistente pessoal 24h por dia, bem como da possibilidade de obtermos uma resposta automática em caso de acidente, assistência em caso de roubo, descarregamento de instruções de navegação (pelo operador) e diagnostico remoto do veículo. Experimentámos este serviço por duas vezes, para requisitar instruções de navegação, e toda a operação decorreu sem qualquer tipo de falha.

[toggles behavior=”toggle”] [toggle title=”Ficha Técnica”]

Motor Prestações
Tipo Quatro cilindros em Linha Velocidade Máxima 195 km/h
Capacidade 1598 cc Aceleração (0-100 km/h) 11,0 s
Potência 110 cv (3500 rpm) Consumos (litros/100 km)
Binário 300 Nm (1750 rpm) Cidade (anunciado) 3,9
Transmissão Estrada (anunciado) 3,1
Tracção Dianteira Média (anunciada) 3,4
Caixa Manual de seis velocidades Emissões Co2 90 g/km
Chassis Preço
Dimensões (Comp. / Alt. / Larg.) 4370 / 1485 / 2042 mm Valor base €24 720
Peso 1350 Kg Valor viatura testada €27 470
Bagageira 525 litros I.U.C. €142.12

[/toggle] [/toggles]

[wonderplugin_slider id=”3″]

Gustavo Dias