Secções

Notícias

Ensaios

Notícias

NIO EP9 torna-se no veículo eléctrico mais rápido do Mundo

O NIO EP9 é um veículo super desportivo criado pela chinesa Next EV, com o intuito de ser o veículo eléctrico mais rápido do mundo. Com um total de 6 modelos construídos, cada qual com um valor superior a 1,2 milhões de euros (obviamente que estão todos vendidos), o EP9 recorre a um chassis monocoque em fibra de carbono e a motores com caixa de velocidades embutida em cada roda, gerando uma potência total de 1 MW de energia, o que corresponde a 1360 cavalos de potência.

Como é habitual em automóveis eléctricos, o EP9 possui um arranque surpreendente, graças aos abismais 1480 Nm de binário, razão pelo qual consegue atingir, sem grande esforço, os 100 km/h em apenas 2,7 segundos, 300 km/h em 15,1 segundos e uma velocidade máxima de 313 km/h. Utiliza um conjunto de baterias que garantem uma autonomia de 427 quilómetros, podendo a mesma ser substituída em minutos, ou simplesmente carregada, usando um modo de carregamento ultra-rápido, em apenas 45 minutos.

Para comprovar as impressionantes capacidades deste modelo, a NIO pediu ajuda a pilotos profissionais, como Peter Dumbreck, para tentar bater o anterior recorde detido pelo protótipo Toyota TMG EV P002 em Nürburgring. O resultado é obvio, o EP9 aniquilou o resultado, ao conseguir efectuar uma volta em 7:05.12, tornando-se assim no veículo eléctrico mais rápido em Nürburgring, e quase tão rápido quando o impressionante Lamborghini Aventador SV, o terceiro veículo de produção mais rápido na mítica pista alemã.

Mas, não estando contente com o resultado, a NIO optou por levar o EP9 a outras pistas, tendo superado recorde atrás de recorde, como o Circuito de Xangai com 2:01.11, ou o Circuito de Paul Ricard com 1:52.78. Já no Circuito de Austin, no Texas (EUA), o EP9 bateu um recorde ainda mais impressionante, ao conseguir completar uma volta em apenas 2:40.33 sem condutor, ou seja, em modo totalmente autónomo. A título de comparação, o EP9 com piloto profissional ao volante demorou bastante menos, com um tempo por volta de 2:11.30.

Gustavo Dias