0 comentários

Veículo Eléctrico com 300 Km de autonomia? Já é possível, com o Renault ZOE Z.E. 40

por em 8 Março, 2017
 

Decorreu na região de Lisboa mais uma apresentação internacional de um modelo da Renault, desta vez o brilhante ZOE Z.E. 40, o primeiro veículo eléctrico a permitir uma autonomia de 400 quilómetros, segundo a norma NEDC, ou seja, o equivalente a 300 quilómetros reais. Para tal a Renault Portugal pediu-me para me dirigir ao Aeroporto de Lisboa, local onde recebi um pequeno briefing sobre a viatura e o percurso, tendo-me sido entregue as chaves de um ZOE Z.E. 40 na sua nova versão BOSE.

Para tornar a viagem até à Lagoa de Óbidos mais divertida, foi colocado um pequeno autocolante no painel de instrumentos para esconder o indicador de autonomia. O percurso realizado teve um misto de urbano, com o habitual trânsito de uma manhã na Segunda Circular e IC19, um misto de auto-estrada com passagem pela A8 (autoestrada do Oeste) e A21 (até à Ericeira), tendo o resto do percurso sido feito por estradas nacionais. O resultado foi um percurso com pouco mais de 150 quilómetros percorridos, tendo o computador de bordo indicado quase 160 quilómetros de autonomia.

Neste destino intermédio tivemos acesso à apresentação, onde foram explicadas as novidades e diferenças entre este ZOE Z.E. 40 e o anterior modelo. Como seria de esperar, a grande novidade é a nova bateria, desenvolvida pela LG Chem, que conseguiu a proeza de, no mesmo espaço, duplicar a densidade da capacidade das células de iões de lítio, sendo a bateria deste novo modelo composta por 192 células distribuídas por 12 módulos, garantindo assim uma capacidade total de 41 kWh úteis, praticamente o dobro da anterior bateria, que tinha uma capacidade de 22 kWh úteis, tendo o peso do conjunto aumentado apenas 15 kg.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para garantir o bom funcionamento da mesma, a Renault teve que melhorar o desempenho do sistema de controlo térmico da bateria, que tem como função manter as baterias a uma temperatura óptima entre os 15 e 28 graus. Apesar da melhoria da bateria, o motor eléctrico R90 da Renault mantém-se inalterado, garantindo o mesmo desempenho que o ZOE com a bateria de 22kWh, ou seja, uma potência de 68kW (92 cavalos) e um binário máximo de 225 Nm, disponível logo a baixas rotações, razão pelo qual a Renault anuncia que este ZOE atinja os 50 km/h em apenas 4,1 segundos, ou 13,2 segundos para atingir a tradicional marca dos 100 km/h, estando a velocidade máxima limitada a 135 km/h.

Com o aumento da capacidade da bateria aumenta também o tempo necessário para carregamento da mesma, culpa da “limitada” capacidade de carga do carregador Camaleão embutido no motor R90. Isto significa que usando uma tomada doméstica de 10 amperes, a bateria do novo ZOE Z.E. 40 demora 25 horas para um carregamento completo, valor esse que poderá diminuir significativamente utilizando uma tomada de carregamento específica de 16 ou 32 amperes. Usando um posto de carregamento rápido de 22 kWh, o limite suportado pelo actual carregador, poderá demorar duas horas e 40 minutos para carregar totalmente a bateria, praticamente mais uma hora do que demoraria o anterior ZOE.

Após uma carga rápida, que permitiu carregar totalmente a bateria, regresso a Lisboa, desta vez usando exclusivamente a A8, onde a bateria do ZOE Z.E. 40 revelou estar mais desconfortável, visto a autonomia ter descido, de forma significativa, ao longo do percurso, revelando que este tipo de trajecto continua a ser o menos indicado para este tipo de veículos. Já que falo em conforto, destaque para o facto de esta versão BOSE ser a mais completa e bem equipada da gama, contando com uma cor exterior exclusiva em cinzento, jantes de 16 polegadas pretas e um interior com acabamentos melhores, com os bancos revestidos em couro e aquecidos, e a aplicação de um sistema de som premium da BOSE de 6.1 canais (4 tweeters, 2 woofers e um subwoofer), que garante uma reprodução de som superior ao mesmo tempo que garante um baixo consumo energético.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se estiver interessado no novo ZOE Z.E. 40, saiba que o mesmo é proposto em três níveis de equipamento distintos e duas variantes, a variante Flex, que incluí aluguer de bateria (a partir de €69/mês), ou a versão com bateria incluída, que implica um acréscimo de 7500 euros à versão Flex correspondente. Aproveitando a campanha de lançamento, saiba que a Renault Portugal está a aplicar um impressionante desconto de 7150 euros, ao qual poderá acumular o apoio do Estado para a compra de um veículo eléctrico (enquanto durar) de 2250 euros adicionais, o que corresponde a um total de 9400 euros de desconto máximo para as versões Flex.

Para as versões com bateria incluída, esse valor reduz significativamente, mas ainda assim permitirá que possa adquirir um ZOE Z.E.40 Intens a partir de €26.750, uma vez que esse desconto reduz o valor de tabela em €5.700 (€3.450 pela Renault mais €2.250 pelo Estado). Se for um cliente empresarial, saiba que poderá ainda beneficiar de isenção de tributação autónoma, bem como da dedução integral do IVA, o que significa que conseguirá reduzir o preço do ZOE Z.E. 40 para abaixo dos 14 mil euros através da modalidade Flex, ou €21.800 com bateria incluída. Esta campanha estará em vigor até ao final do mês de Março.

Modelo Bateria (capacidade) Autonomia (até) Preço (tabela Preço (campanha)
ZOE Z.E. Life Flex 22 kWh 240 km €22.150
ZOE Z.E. Life 22 kWh 240 km €29.650
ZOE Z.E.40 Life Flex 41 kWh 400 km €24.950
ZOE Z.E.40 Life 41 kWh 400 km €32.450 €26.750
ZOE Z.E.40 Intens Flex 41 kWh 400 km €26.950 €17.550
ZOE Z.E.40 Intens 41 kWh 400 km €34.450 €28.750
ZOE Z.E.40 Bose Flex 41 kWh 400 km €29.750 €20.350
ZOE Z.E.40 Bose 41 kWh 400 km €37.250 €31.550