Secções

Notícias

Ensaios

Notícias

Mercedes-Benz revela SLC

A Mercedes-Benz oficializou o novo SLC, que é, na realidade, o renovado roadster SLK. Este modelo, que estará já disponível para encomenda a partir de Janeiro, mantém a tradicional capota rígida, mas terá uma nova frente, composta pela grelha com padrão diamante, novas ópticas com faróis LED inteligentes e capot com novas linhas em forma de seta. Previsto para ser revelado já durante o Salão Automóvel de Detroit, nos EUA, durante o mês de Janeiro, as primeiras unidades do novo SLC deverão chegar ao mercado nacional durante o mês de Março, estando a gama disponível com duas novas versões, o modelo de entrada SLC 180 a gasolina, e um novo topo de gama, o SLC 43 AMG.

O SLC 180 utilizará um motor de quatro cilindros com 1,6 litros de cilindrada turbo com 156cv, estando o SLC 200 e o SLC 300 equipados com um quatro cilindros com 2.0 litros turbo, com potências de 184cv e 245cv, respectivamente. O SLC manterá a versão diesel, como ocorreu com o anterior SLK (tendo sido o primeiro roadster do mundo com motor diesel), estando o SLC 250d equipado com um 2.1 turbo com 204cv e 500Nm de binário, que permitirá consumos de apenas 4,4 l/100 km. Todas as versões estarão equipadas, de série, com a nova caixa automática 9G-Tronic é de série em toda a gama, excepto o SLC 180 e SLC 200, que virão equipados com caixa manual de seis velocidades, embora possam receber a 9G-Tronic como opcional.

Em termos de equipamentos, o SLC 300 e SLC 250d contará com o sistema Dynamic Select de série, que permitirá escolher um dos diversos modos de condução disponíveis (Comfort, Sport, Sport+, Eco e Individual). Igualmente de série está o sistema Active Brake Assist, disponível para todas as versões. Em opção existe o pacote Dynamic Handling, que incluí um chassis rebaixado em 10mm, um sistema de suspensão adaptativa, sistema de direcção directa e ESP com função Dynamic Cornering Assist.

Na versão topo de gama, o novo Mercedes-AMG SLC 43, encontrará uma nova motorização, um 3.0 V6 BiTurbo com 367cv e 520Nm de binário, disponível logo às 2000rpm. Esta versão atinge os 100km/h em apenas 4,7 segundos, mas embora o seu desempenho seja bastante elevado, será capaz de consumos significativamente baixos, estando a marca a anunciar apenas 7,8l/100 km, menos 0,6l que o seu antecessor (SLK 55 AMG). Como seria de prever, este modelo trará uma suspensão desportiva AMG, sistema de escape desportivo, apoios de motor e do eixo traseiro mais rígidos, bem como discos de travão maiores e jantes de 18 polegadas AMG.

This slideshow requires JavaScript.