Secções

Notícias

Ensaios

Notícias

Porsche reforça investimento em motorizações electrificadas

Através de um comunicado sobre a intervenção nos motores 3.0 V6 diesel utilizados no Macan, a Porsche acaba por anunciar o reforço das motorizações electrificadas para as novas gerações do Cayenne e Panamera, através do lançamento de novas versões Híbridas Plug-In e totalmente eléctricos.

Através de um comunicado lançado sobre a intervenção das motorizações 3.0 V6 diesel, utilizadas pelo Porsche Macan, o fabricante germânico acabou por revelar, no final desse mesmo comunicado, a sua intenção de reforçar a electrificação das novas gerações do Cayenne e Panamera.

Segundo esse comunicado, que poderá ver no final desta página, a Porsche revelou que foram intervencionadas mais de 8.600 unidades do Porsche Macan 3.0 V6 diesel, o que corresponde a mais de 93% de todas as unidades vendidas com esta motorização, embora esteja prevista uma nova intervenção, que está à espera de aprovação junto da KBA (Autoridade Federal de Transportes Motorizados Alemães), que afectará um total de 52.500 unidades em toda a Europa, das quais 14.000 só na Alemanha.

Os Porsche Cayenne 4.2 V8 diesel também serão, futuramente, intervencionados, estando a Porsche apenas à espera de aprovação por parte da KBA para iniciar a intervenção aos cerca de 7.000 veículos vendidos na Europa. Através deste comunicado, desculpando-se de não serem os criadores e responsáveis de desenvolvimento das suas motorizações diesel, visto serem originalmente motores Audi, assumem toda a responsabilidade dos problemas registados pelas mesmas, junto dos seus clientes.

De seguida, o comunicado termina a anunciar que a Porsche terá como prioridade o desenvolvimento e implementação de optimizações nos motores de combustão (sem especificarem o combustível em questão), bem como no desenvolvimento de novas motorizações Híbridos Plug-In e totalmente eléctricos.

Após contactos com responsáveis pela Porsche em Portugal, ficámos a saber que a Porsche continuará a apostar nos motores diesel, estando prevista a chegada de uma versão diesel do novo Cayenne já para o final do ano, bem como a aplicação de motorizações diesel em outros modelos.

Further software optimizations for diesel vehicles

In recent months, extensive analyses have been carried out for all Porsche diesel vehicles of emission class EU6. These are related to the retrofitting of diesel engines for vehicles of the Volkswagen Group announced in Berlin on 2 August 2017 as part of the so-called “diesel summit”.

For the Macan 3.0-liter V6 diesel, Porsche has been carrying out a voluntary service measure since autumn 2016, coordinated with the Federal Motor Transport Authority (KBA). This measure has already been carried out in Germany with more than 8,600 vehicles. This corresponds to a fulfilment rate of more than 93 percent.

In addition, Porsche will shortly introduce another software update for Macan 3.0-liter V6 diesel vehicles to the KBA. After approval, Porsche will offer the retrofitting of a total of around 52,500 vehicles in Europe (14,000 in Germany). The owners of the vehicles are contacted directly by their responsible Porsche partner. The workshop visit, which is free of charge for the customers, will take place as soon as possible after agreement and will take about one hour to complete.

For models of the type Cayenne 4.2-liter V8 diesel, which expired in 2017, are currently held votes with the KBA. This involves a total of around 7,000 vehicles in Europe.

For the new generations of the series Cayenne and Panamera currently no vehicles are offered with diesel units.

Diesel engines traditionally play a minor role at Porsche. Porsche does not develop and build diesel engines on its own, but takes full responsibility towards its customers.

In future, Porsche focuses on a trio of further optimized combustion engines, plug-in hybrids and purely battery-powered vehicles.

Gustavo Dias