Cockpit
353 visualizações 0 comentários

Nissan Navara King Cab 2.3 dCi N-Connecta – A mais acessível

por em 20 Novembro, 2017
 

Embora a galinha dos ovos de ouro da Nissan seja, actualmente, o segmento de SUV e crossover, a realidade é que este fabricante nipónico tem um historial único no segmento de pick-ups, com mais de 80 anos desde o lançamento do seu primeiro modelo em 1935. Embora sejam os SUV os modelos que captam maiores atenções, são as pick-ups os veículos que os profissionais, e os adeptos do todo-o-terreno preferem adquirir, fruto das excelentes capacidades fora de estrada.

Com a chegada da nova Navara, a Nissan teve a audácia de fazer algo que ninguém teve a coragem, a de eliminar as molas de lâmina e aplicar molas helicoidais, juntamente com o sistema de suspensão multi-link. Esta solução permitiu reduzir o peso de toda a suspensão, permitindo ao mesmo tempo que a remoção dos pontos de suporte das molas de lâminas melhorasse o ângulo de saída em 3,1% face ao modelo anterior. Infelizmente esta solução é apenas encontrada na versão Double Cab (cabine dupla), sendo a versão King Cab equipada com molas de lâmina.

Esta solução menos atraente acaba por se revelar como compensadora em termos monetários, bem como em termos de conforto, já que os grandes prejudicados pela solução de molas de lâminas (solução usada por todas as pick-ups do mercado) são os passageiros dos bancos traseiros. Tratando-se, neste caso em concreto, de uma King Cab, problema resolvido… ou não?

Tecnicamente esta versão King Cab é bastante similar à versão de cabine dupla, embora deixe de usar quatro portas “verdadeiras”, passando a usar duas portas tradicionais, que permitem abrir duas portas “suicidas” para facilitar o acesso ao reduzido espaço atrás dos bancos dianteiros. Este espaço serve somente para arrumação no lado do condutor, e para transportar temporariamente um terceiro ocupante, devido não só às minúsculas dimensões do banco, como à dureza do mesmo. Esqueça mandar alguém sentar-se nesse banco para realizar uma viagem longa.

Assumindo que encontrará espaço mais do que suficiente para dois ocupantes, e um terceiro temporário, esta Nissan Navara King Cab é, no interior, praticamente idêntica a um Nissan X-Trail, estando equipada com uns confortáveis bancos, sistema de infoentretenimento com ecrã táctil de 7 polegadas, navegação e sistema Nissan Connect, no qual está incluído o sistema de câmaras de 360 (solução única neste segmento). Este sistema é particularmente útil quando pretendemos estacionar um “monstro” de 5,225 metros de comprimento, bem como para algumas aventuras mais radicais fora de estrada, visto que o sistema pode funcionar até aos 10 km/h.

E já que falamos em aventuras, esta Navara conta com diversos sistemas de ajuda à condução, como o Assistente ao Arranque em Subida, Controlo de Descida de Encostas, Bloqueio electrónico do diferencial traseiro, limitação activa de derrapagem na travagem e mudança instantânea para o modo de tracção integral. Incluí ainda, para condução em estrada, cruise-control, controlo dinâmico do veículo, diferencial com limitação electrónica na derrapagem e sistema de travagem de emergência.

Em termos de comportamento, o motor 2.3 dCi de 160 cavalos e 403 Nm de binário revelou ter força mais do que suficiente para conseguir suportar os pesos que o fabricante anuncia, como o transporte de uma tonelada na caixa de carga, ou rebocar até 3500 kg de peso. Este motor pode ser associado a uma caixa automática de sete velocidades mas, pelo que tivemos oportunidade de experimentar, mantenha-se fiel à caixa manual de seis velocidades, a fim de evitar um aumento considerável nos consumos e nas emissões de CO2.

Relativamente à dúvida entre optar pela King Cab em detrimento da Double Cab, saiba que a tributação poderá prejudicar severamente a segunda opção, visto que a primeira, com apenas três lugares, pode ser considerado como veículo de trabalho, permitindo assim poupar 7000 euros logo à cabeça. Se for adquirir esta Navara enquanto empresa ou empresário em nome individual, de forma a poder deduzir o IVA, saiba que esta Navara King Cap lhe ficará em apenas 24.041 euros, um valor bem mais interessante que os 36.600 euros da versão Double Cab com IVA incluído, visto ser impossível, neste último caso, deduzir-se o IVA.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ficha Técnica

Motor Prestações
Tipo Quatro cilindros em linha Velocidade Máxima 172 km/h
Capacidade 2298 cc Aceleração (0-100 km/h) 12,1 s
Potência 160 cv (3750 rpm) Consumos (litros/100 km)
Binário 403 Nm (1500 rpm) Cidade (anunciado) 6,8
Transmissão Estrada (anunciado) 6,1
Tracção Às quatro rodas Média (anunciada) 6,3
Caixa Manual de seis velocidades Emissões Co2 167 g/km
Chassis Preço
Dimensões (Comp. / Alt. / Larg.) 5225 / 1790 / 1850 mm Valor base €23 748 (+ IVA)
Peso 2910 Kg Valor viatura testada €24 856 (+ IVA)
Capacidade de Carga 1059 kg I.U.C. €255.71
Detalhes
 
Marca
Combustível
Positivos

- Capacidade de carga
- Capacidades de todo-o-terreno
- Disponibilidade do motor
- Conforto nos lugares dianteiros

Negativos

- Conforto do terceiro lugar disponível
- Dimensões
- Consumos em cidade

Pontuação Motor+
 
Design
7.0

 
Interior
7.5

 
Desempenho
7.5

 
Consumos
7.0

 
Equipamento
8.5

 
Preço
8.5

Pontuação Final
7.7

Vote
Pontuação do Leitor
 
Design
6.1

 
Interior
6.7

 
Desempenho
5.9

 
Consumos
6.4

 
Equipamento
7.8

 
Preço
4.0

Pontuação do Leitor
3pontuações
6.2

Acabou de pontuar

Resumo
 

Criada para tirar partido dos buracos na legislação Portuguesa, esta Nissan Navara King Cab de três lugares promete oferecer a capacidade de carga das restantes versões, embora prescinda da suspensão de molas helicoidais mais evoluída da versão de cabine dupla. Em contrapartida, é significativamente mais acessível e permite a dedução do IVA, caso a adquiria para a sua empresa, ou enquanto empresário em nome individual. Se for um particular, prepare-se para a sujar, sempre que possível, em aventuras todo-o-terreno durante os fins de semana.

Seja o primeiro a comentar!
 
Deixe um comentário

 

Deixe uma resposta