Secções

Notícias

Ensaios

Desporto

Fernando Alonso estreia-se com vitória nas 6h de Spa-Francorchamps

O piloto espanhol da McLaren estreou-se no FIA WEC com uma vitória, na sempre exigente pista belga onde, curiosamente, nunca conseguiu vencer ao volante de um Fórmula 1. Pedro Lamy voltou a vencer na categoria GTE AM, tendo António Félix da Costa conseguido a quinta posição na categoria GTE Pro, com o novo BMW M8 GTE.

Decorreu este fim-de-semana a primeira prova do Mundial de Resistência, prova essa que ficou marcada pela estreia do piloto de Fórmula 1 da equipa McLaren, Fernando Alonso, que além de conseguir a Pole Position, sagrou-se vitorioso ao fim das 6 Horas em Spa-Francorchamps. Através deste resultado, a Toyota consegue assim começar o campeonato com uma dobradinha, com o Toyota TS050 Hybrid #7 a terminar a meros 1,444s atrás do Toyota #8 de Alonso.

Porém, a historia poderia ter sido diferente, visto que tecnicamente o Toyota conduzido por Mike Conway, Kamui Kobayashi e José Maria López, que conseguiu um tempo melhor na qualificação, foi desclassificado e obrigado a partir das boxes, por ter existido uma irregularidade na declaração do medidor de fluxo de combustível do Toyota #7. Curiosamente, Fernando Alonso conseguiu vencer numa pista que nunca conquistou com a Fórmula 1.

Logo atrás dos dois Toyotas ficou o Rebellion R13 de Bruno Senna, Andre Lotterer e Neel Jani, estes últimos dois antigos pilotos do Porsche 919 Hybrid, com duas voltas de diferença face aos modelos híbridos da Toyota. Na categoria LMP2, a vitória coube ao Oreca #26 da G-Drive Racing, conduzido por Roman Rusinov, Jean Eric Vergne e Andrea Pizzitola, seguidos pelo Oreca #38 da Jackie Chan DC Racing e Alpine #36 da Signatech Alpine Matmut.

Na categoria dos GTE Pro, a vitória coube ao Ford GT #66 do experiente Olivier Pla, que dividiu o volante com Stefan Mucke e Billy Johnson, tendo ficado à frente do Ford 911 RSR #92 de Michael Christensen e Kevin Estre, bem como do Ferrari 488 GTE EVO #71 da AF Corse, conduzido por Davide Rigon e Sam Bird. Destaque ainda para a estreia de António Félix da Costa, que juntamente com Tom Blomqvist, não conseguiram melhor do que a quinta posição na categoria GTE Pro, com o novo BMW M8 GTE.

Por fim, a vitória de Pedro Lamy, que conquista assim a sua 20ª vitória na categoria GTE AM, aos comandos do novo Aston Martin Vantage #98, juntamente com Paul Della Lana e Mathias Lauda. O pódio fechou com outro Aston Martin Vantage, o #90 de Charles Eastwood, Euan Alers-Hankey e Salih Yoluc, e o Ferrari 488 GTE #61 da Clearwater Racing, conduzido por Keita Sawa, Matthew Griffin e Weng Sun Mok.

Gustavo Dias