Secções

Notícias

Ensaios

AviõesNotícias

Acidente com Airbus Militar A400M atribuída a falha de software

Airbus

O acidente ocorrido com um Airbus Militar A400M a 9 de Maio, poucos minutos após a sua descolagem do Aeroporto de San Pablo em Sevilha, ficaram-se a dever a uma falha de software na gestão dos motores, que bloqueou três dos motores da aeronave.

Este resultado foi determinado pelas forças de investigação Espanholas, após a análise dos dados recolhidos pelas duas caixas negras que estavam a bordo. Segundo estes, a energia falhou a três dos quatro motores, não tendo sido possível recuperar os mesmos, apesar das várias tentativas realizadas pela tripulação.

Segundo fontes oficiais da Airbus, a falha ocorrida foi algo isolado, uma vez que mais nenhuma das restantes aeronaves entregues registou qualquer tipo de irregularidade. Esta aeronave, que tinha como destino a Força Aérea Turca, estava a realizar a sua primeira viagem e tinha um total de seis tripulantes, quatro falecidos e dois que ficaram em estado grave (um com alta hospitalar e outro saiu recentemente dos cuidados intensivos).

Gustavo Dias