Secções

Notícias

Ensaios

Notícias

Faraday Future apresenta FF 91 no CES

A Faraday Future apresentou oficialmente o seu primeiro veículo, o FF 91, como sendo o verdadeiro rival da Tesla, tanto em termos de potência, autonomia e funcionalidades. Foi em pelo CES, Feira de Tecnologias que ocorre no início de cada ano em Las Vegas, nos Estados Unidos, que a Faraday Future apresentou o seu primeiro modelo, desenvolvido por Nick Sampson, antigo engenheiro da Lotus e da Tesla.

Financiada pelo grupo Chinês LeEco, o FF 91 possui um visual futurista, tendo sido desenvolvido tendo em conta não só a aerodinâmica como a funcionalidade de cada área, razão pelo qual oferece um baixo coeficiente aerodinâmico de 0.25, através do recurso a asas adicionais na zona do pilar C (à semelhança do BMW i8), antenas no tejadilho e câmara traseira integrada no spoiler traseiro. As próprias jantes possuem um sistema de ajuste aerodinâmico automático, que permite mudar o seu formato com a velocidade.

ff91_jantes

Em termos de locomoção, o FF 91 vem equipado com quatro motores eléctricos que debitam uma potência combinada de 783kW (1050 cavalos) e 1800 Nm de binário máximo, o suficiente para impulsionar o FF 91 para os 100 km/h em apenas 2,39 segundos, tornando-o mais rápido do que um Porsche 911 Turbo S, Tesla Model S P100D ou até mesmo que um Bugatti Veyron, uma vez que todos eles precisam de 2,5 segundos para atingir essa velocidade.

Mas além de desempenho, o FF 91 oferece uma excelente autonomia, graças às baterias de alta densidade de 130 kWh desenvolvidas pela LG-Chem, que garantem uma autonomia de 700 quilómetros com uma só carga (NDEC), o que corresponde a mais de 600 quilómetros de alcance real. Esta bateria, embora possua uma elevada capacidade, poderá ser carregada usando um carregador doméstico, que permite carregar metade da capacidade em quatro horas e meia, sendo o carregador interno capaz de suportar carregamentos rápidos até 200 kW.

Em termos tecnológicos, este modelo da Faraday Future destaca-se por suportar condução autónoma, estacionamento remoto (embora a demonstração não tenha sido bem sucedida durante a apresentação), graças à implementação de 13 radares, 12 sensores de ultra-sons, 10 câmaras de alta definição e um LIDAR retráctil (colocado no centro do capot) de alta precisão. Este modelo, embora não tenha preço nem data prevista de entrega, já pode ser pré-encomendado através de um depósito de 4800 euros. As primeiras 300 unidades produzidas serão uma edição especial, designada de Alliance Edition, no qual parte do valor das vendas irá reverter para um fundo ambiental.

Este slideshow necessita de JavaScript.