Secções

Notícias

Ensaios

Apresentações

Apresentação – Mercedes Classe A

À semelhança de outras ocasiões, a Mercedes-Benz Portugal voltou a convidar-nos para uma apresentação nacional do novo Classe A, onde pudemos comprovar todas as novidades introduzidas naquele que é, actualmente, um dos automóveis tecnologicamente mais avançados e interessantes do mercado.

A premissa era a mesma de outras apresentações, ou seja, juntar o útil ao agradável. Durante dois dias de condução, para conhecermos o novo Classe A, foram-nos propostas diversas experiências que tornaram o evento ainda mais especial. Desde uma descida do Rio Tejo em Kayak na zona de Almourol, passando por refeições em locais cuidadosamente escolhidos, e uma estadia num alojamento de formato invulgar na região de Óbidos, tudo resultou na perfeição, não tivesse tudo sido cuidadosamente escolhido pela brilhante Raquel Abreu, da Mercedes-Benz Portugal.

A apresentação começou na zona da Abrulheira, Sintra, sede da marca em Portugal, onde, após um breve briefing sobre as novidades do novo Classe A, tivemos oportunidade de escolher a motorização desejada, uma de duas disponíveis. A escolha recaiu para aquela que maior interesse apresenta, por ser a dominante nas vendas no nosso mercado, a versão 180d. Esta motorização é a evolução da já conhecida da anterior geração, composta por um bloco originário da Renault (1.5 dCi), que graças a optimizações efectuadas pela Mercedes-Benz, como o sistema de injecção, apresenta 116 cavalos de potência e 260 Nm de binário máximo. A outra motorização disponível era o novo 1.4 Turbo da versão A 200, com 163 cv e 250 Nm de binário.

Seguindo rumo à zona de Tomar, ao restaurante O Sabor da Pedra, foi possível, neste percurso de 155 quilómetros, comprovar o funcionamento do novo sistema MBUX, que estreia um assistente de voz que, graças à intervenção de um sistema de inteligência artificial, reconhece os nossos comandos de voz, e vai adaptando algumas funções (como escolha de preferências de rádios) de acordo com os gostos dos utilizadores.

Além de termos ficado rendidos ao bom funcionamento do MBUX, ficámos surpreendidos pelo acerto dinâmico do novo Classe A, que mesmo tratando-se de uma versão equipada com suspensão desportiva e jantes de dimensões superiores (versão AMG), revelou um excelente comportamento dinâmico sem nunca prejudicar o conforto dos ocupantes.

A parte da tarde do dia foi passada num Kayak, onde muitos dos jornalistas convidados puderam desfrutar de uma iniciativa diferente, como a descida do Rio Tejo junto a Constância, passando pela visita ao castelo de Almourol, tendo pelo menos dois participantes tido direito a um banho forçado. Após este evento, rumou-se para a zona de Óbidos, onde iríamos pernoitar, num percurso de pouco mais de 103 quilómetros, e onde foi possível comprovar as aptidões mais desportivas do Classe A. O destino, a unidade Rio do Prado, onde fomos brindados com mais um jantar excepcional, não sem antes termos tido direito a um workshop de Gin Tónico.

Mantendo-nos fiéis à motorização diesel, voltamos aos comandos do A 180d e fomos realizar uma sessão fotográfica na zona da Lagoa de Óbidos, onde o Classe A revelou despertar o interesse de muitos dos transeuntes, especialmente nesta versão AMG, com pára-choques desportivos, suspensão desportiva que permite reduzir a altura ao solo, jantes de liga leve de 18 polegadas e ópticas totalmente em LED.

De regresso ao local do alojamento, partimos em direcção à zona da Ericeira, onde tínhamos almoço marcado no restaurante César Marisqueira, num percurso de 85 km. O facto de termos escolhido a versão diesel permitiu-nos regressar posteriormente a Lisboa, tendo os colegas que escolheram a versão A 200 necessitado de um breve abastecimento, devido ao ritmo elevado na condução no dia anterior, que levou a que os consumos tenham ficado bastante acima do anunciado pela marca, algo que não aconteceu nesta versão 180d.

No final desta apresentação ficámos rendidos ao novo Classe A. Significativamente mais espaçoso que a anterior geração, especialmente nos lugares traseiros, o novo A recebeu ainda uma melhoria significativa em termos de materiais utilizados, bem como a nível de equipamento disponível, especialmente no que toca a sistemas de assistência à condução. Mas, a jóia da coroa é, sem dúvida, o sistema MBUX, aquela que revelou ser a solução mais inovadora deste novo Classe A.

Embora ainda existam algumas falhas no seu funcionamento, acreditamos que com actualizações constantes, este sistema se vá tornar numa referência de mercado. Se tal não fosse o caso, porque razão a BMW apresentou recentemente o seu assistente pessoal (BMW Intelligent Personal Assistant), que será lançado nos novos Série 3, 8, X5 e Z4, e que se inicia através do comando “Hey BMW”, tal como acontece com o MBUX, que se acciona com o comando “Hey Mercedes”.

De volta ao Classe A da Mercedes-Benz, saiba que este modelo já está disponível em Portugal a partir dos €32.450, tanto para a versão A 180d diesel de 116cv como A 200 com 163cv a gasolina, ou €47.100 para a versão A 250 a gasolina, com 224 cavalos de potência e 350 Nm de binário. Relativamente às versões AMG, o novo Classe A deverá ser lançado, durante o próximo ano, com duas versões distintas, o A35 AMG com 300 cavalos, e A45 AMG com 400 cavalos, mas só saberemos mais detalhes sobre estes modelos durante o Salão de Paris, que abre portas a 4 de Outubro.

Gustavo Dias